Os 10 melhores pratos da culinária afegã

1. Bolani

O bolani afegão é um pão achatado recheado e frito feito com massa sem fermento, normalmente recheado com uma mistura de puré de batata e vários outros ingredientes, como espinafres, cebolinha, abóbora ou até lentilhas verdes ou vermelhas. No Afeganistão, o bolani não é apenas uma comida de rua popular, mas também é frequentemente preparado em casa e geralmente servido como acompanhamento.

É tradicionalmente apreciado quente, acompanhado por chutney de coentros e um molho cremoso de iogurte afegão com sabor de menta chamado chakkah.

 

2. Kabuli pulao

Costuma-se dizer que a joia da coroa da culinária afegã é, o Kabuli pulao, foi originalmente criado pelas famílias da classe alta de Cabul, que podiam se dar ao luxo de preparar este prato elaborado de carne e arroz. Com o tempo, o pulao espalhou-se por todo o país e mudou o seu nome para qabili pulao, derivado da palavra dari qabil, que significa capaz, já que se considerava que apenas um chef verdadeiramente habilidoso poderia fazer um bom pilaf ao estilo afegão.

Além disso, afirma-se que as perspetivas de casamento de uma mulher afegã dependem da sua capacidade de produzir qabili palau. Este prato nacional tradicionalmente consiste em arroz de grão longo cozido no vapor misturado com cenouras caramelizadas, passas, amêndoas e pedaços de carne de cordeiro, embora o frango e a carne também sejam usados com frequência.

 

3. Gosh-e fil

O Gosh-e fil é uma massa doce frita afegã popularmente apelidada de orelha de elefante devido ao seu formato. Os principais ingredientes da massa são farinha, açúcar, ovos e leite, que depois de amassada e descansada, são enroladas em fatias finas e fritas em óleo, durante de alguns segundos dos dois lados.

Um elemento adicional de sabor e textura é adicionado ao polvilhar esses pasteis crocantes com açúcar de confeiteiro, cardamomo em pó e pistácio esmagado, bem como as pétalas de rosa que são opcionais.

 

4. Borani banjan

Este delicioso prato de vegetais afegão é feito com fatias de beringela frita que são cozidas num molho de tomate aromático e servido coberto com um iogurte espesso que é temperado com alho e hortelã. Embora o borani banjan seja muitas vezes apreciado como prato principal, quando é acompanhado com pão achatado naan afegão, ele também é o acompanhamento perfeito para o pilaf de cordeiro de Cabuli.

 

5. Chopan kabob

Uma especialidade da culinária pashtun, o chopan kabob é feito com carne de cordeiro assada numa tradicional churrasqueira de carvão afegão chamado mankal. Recebeu o nome de pastores de ovelhas (chopan é uma palavra em pashto para pastor) que costumavam esfregar pedaços de cordeiro com bastante sal, espetá-los em gravetos ou pequenos galhos e assar a carne no fogo enquanto observavam os seus rebanhos.

Hoje, o Chopan kabob pode ser encontrado em várias barracas de rua de kebab chamadas dukan-e-kebabi. Geralmente é feito com jijeq, que consiste em pedaços de gordura da cauda da ovelha que são adicionados aos espetos de cordeiro para dar um sabor extra, enquanto a carne às vezes é pré-marinada.

 

  •  

    6. Borani kadoo

    Os principais ingredientes deste prato afegão são pedaços de abóbora que são cozidos lentamente numa combinação saborosa de cebola, alho, coentros, gengibre, açafrão, pimenta e tomate. Borani kadoo pode ser apreciado como prato principal ou como acompanhamento.

    É normalmente servido guarnecido com iogurte temperado com alho e pão naan ao lado. A refeição geralmente é consumida com uma colherada de pão achatado afegão ou pode ser derramada sobre o arroz branco chamado chalow.

     

    7. Asafoetida

    A Asafoetida é uma resina de goma seca obtida a partir da raiz principal ou rizoma de erva-doce gigante, particularmente Ferula assafoetida. As plantas usadas para produzir a especiaria são nativas do Irão e do Afeganistão. O sumo resinoso começa a coagular quando exposto ao ar e tem um odor forte e pungente semelhante ao do alho.

    Quando o produto atinge uma massa sólida, a sua cor varia do cinza ao preto, todavia geralmente a sua gama de cores vai do avermelhado ao castanho. Este tempero pode ser comprado em várias versões: gotas, massa, pasta e pó. As gotas são as mais puras, a massa surge com mais frequência no mercado e a versão em pó geralmente contém adições como goma arábica, farinha e açafrão.

     

    8. Mastawa

    Este prato tradicional de Inverno afegão é feito com grão de bico, arroz de grãos curtos e carneiro salgado seco ao sol chamado lahndi, tudo cozido num caldo aromático aromatizado com cebola, alho, açafrão, coentros e hortelã. Narenj ou casca de laranja amarga e pimenta são adicionados no final do cozimento, o que torna este prato de arroz pegajoso particularmente perfumado e bastante picante.

    O Mastawa também pode ser preparado com outros tipos de carne seca, como o afegão gosht-e-qaqh, enquanto o toque final vem da adição de quroot, um tipo de queijo afegão feito de iogurte coado, salgado e seco, o único ingrediente para o qual não existem substitutos adequados.

     

    9. Haft mewa

    Esta sopa afegã de frutas secas e nozes é tradicionalmente preparada na noite anterior ao Naw Roz, o Ano Novo afegão celebrado no primeiro dia da Primavera. Haft mewa traduz-se literalmente em sete frutas e é feito com passas verdes e vermelhas, amêndoas, pistácio, nozes, damascos secos e bagas de oleaster, todos embebidos em água de rosas adoçada.

    No Afeganistão, para começar o ano novo com uma nota fresca e doce, o saboroso haft mewa é tradicionalmente apreciado ao pequeno-almoço.

     

  •  

    10. Aushak

    Estes deliciosos bolinhos afegãos são tradicionalmente recheados com cebolinhas picadas ou gandana, uma espécie de alho-francês cultivado em quase todas as províncias do Afeganistão. O Aushak, também chamado de ashak, é geralmente servido com ragù de carne picada ou carne de cordeiro e chakkah, um molho de iogurte espesso temperado com alho e hortelã fresca.



    Mais: | Por: Rita Ferraz