Os 10 melhores modelos da Volvo de todos os tempos

Os carros Volvo, devido há sua reputação de serem alguns dos veículos mais seguros do mundo, são sinónimos de dominar as classificações de segurança cinco estrelas da NHTSA. Na verdade, a preocupação da Volvo com a segurança dos passageiros remonta à época em que o engenheiro sueco Nils Bohlin inventou o cinto de segurança de três pontos. A Volvo, no entanto, também conhece o bom design, como é demonstrado pelo seu Concept Coupe esteticamente agradável, o futurista Concept Estate e o P1800 de influência italiana.

  •  

    1. V40 Estate (1995-2004)

    Nascido de um esforço colaborativo da Volvo Cars e da Mitsubishi Motors, a carrinha Volvo V40 Estate foi concretizada sob a direção do diretor de design da Volvo, Peter Horbury. Fazendo a sua aparição oficial no Salão Automóvel de Frankfurt de 1995, o Volvo V40 provou ser um sucesso em outros mercados internacionais antes do seu lançamento nos Estados Unidos em 2000. Em 1996, a organização e revista italiana Automobila homenageou o Volvo V40 com o seu “Carro familiar mais belo do Mundo”.

    O Volvo V40 Estate forneceu o mesmo nível de conforto, segurança e luxo num tamanho compacto que durante anos foi apreciado pelos proprietários do Volvo 850 maior. Antes de chegar à América, o V40 Estate recebeu um pequeno facelift que consistiu em um redesenho do painel frontal , sinais de mudança de direção dianteiros maiores e um novo para-choque dianteiro. Disponível apenas com um motor turboalimentado de 1,9 litros para os Estados Unidos, a popularidade generalizada do Volvo V40 Estate levou à produção de 423.491 exemplares.

     

    2. XC60

    A segunda geração do Volvo XC60 deve estar entre os SUV’s mais atraentes produzidos na última década. Em toda a linha da Volvo, o Volvo XC60 de segunda geração tornou-se o modelo mais vendido e um favorito entre os entusiastas da Volvo. Isso pode não ser surpresa, considerando que o modelo original quase atingiu 1 milhão de vendas em todo o globo.

     

    3. V90 Cross Country

    Recentemente atualizado para o modelo do ano 2021, o Volvo V90 Cross Country é a versão robusta do elegante V90. Construído para um estilo de vida ao ar livre e em viagens, as características mais atraentes do V90 Cross Country são a sua capacidade de off-road e um estilo exterior desportivo. A versão aventureira do V90 combina luxo e capacidade atlética para fornecer o melhor dos dois mundos. Exibido pela primeira vez antes do Paris Motor Show 2016, o V90 Cross Country com tração nas quatro rodas queria deixar claro que não tenha medo de explorar as estradas menos percorridas.

     

    4. P1800

    Quando a Jaguar se recusou a fornecer um E-Type para uma televisão no Reino Unido, a Volvo entrou em cena e entregou as chaves de dois modelos P1800, o que em troca aumentou as vendas. O personagem principal da série de televisão: O Santo (1962-69), Simon Templar (Roger Moore), conduziu um P1800S 1967 apelidado de “ST1” e trouxe a fama instantânea ao carro desportivo sueco. Curiosamente, o P1800S apresentado posteriormente no programa era propriedade do próprio Roger Moore, tornando o carro ainda mais excecional.

    Desenhado por Pelle Pettersen e influenciado pelo estilo italiano, a Volvo estreou o P1800 no Salão Automóvel de Genebra de 1961. Baseado no Volvo 121 / 122S, este 2 + 2 com tração traseira tinha uma distância entre eixos mais curta e um motor completamente novo que se tornava progressivamente mais potente a cada iteração. Construído como um carro desportivo e comercializado como um grand tourer, o P1800 atingiu a produção em 1961 e estava disponível em quatro variantes ao longo de seus 12 anos de produção. Essas variantes incluíam o P1800, P1800S, P1800E e P1800ES, na forma de um cupe, conversível e carrinha.

    Recentemente projetado e fabricado em 1971, o P1800ES era uma carrinha desportiva que apresentava uma porta traseira toda em vidro, linha de teto estendida e um banco traseiro dobrável. O que era tão bom no P1800ES era que ele oferecia espaço de carga adicional para armazenar equipamentos de atividades ao ar livre. A produção do P1800 foi encerrada em 1973 devido aos altos custos das normas de segurança exigidas nos Estados Unidos.

     

    5. 780 Bertone Coupe

    Ao criar um sedan em linhas retas que atrairia os compradores mais jovens, a Volvo teve a ideia engenhosa de remover um conjunto de portas e consultou o designer de automóveis italiano Bertone para terminar o trabalho. Baseado no 760, o exclusivo Volvo 780 cupe de duas portas da Bertone estreou no Salão Internacional do Automóvel de Genebra em 1985.

    Produzido de 1986 a 1990, o Volvo 780 entrou no mercado dos Estados Unidos em 1987 e veio equipado com o motor B280F V-6 de 2,8 litros. Os principais destaques do projeto foram um pilar C mais amplo, moldura externa cromada, altura livre aprimorada, uma linha de tecto mais baixa, emblemas Bertone e rodas distintas. Acompanhando o design elegante, o Volvo 780 apresentava um interior moderno e extravagante.

     

  •  

    6. PV544

    Lançado no final da Segunda Guerra Mundial, o PV444 serviu como um prenúncio de paz e dias melhores. Embora o popular recuo de duas portas rapidamente tenha alcançado a reputação de ser rígido e elegante, o trabalho de design foi considerado desatualizado desde o início. Substituindo o estimado e bem-sucedido PV444 comercialmente, a Volvo estreou o PV544 em 1958, com mudanças expansivas.

    O PV544 recebeu um painel atualizado com acolchoamento robusto para a segurança dos passageiros e apresentava um novo velocímetro do tipo termómetro. Ajustes no banco traseiro resultaram num espaço adicional para os passageiros e maior conforto. As mudanças externas incluíram um para-brisas curvo de uma peça, uma janela traseira aprimorada e faróis traseiros maiores. O PV544 também ganhou uma transmissão manual de quatro velocidades e ofereceu um motor opcional de 1.8 litros.

    Em 1965, um PV544 usado competiu no 13º Rally Safari da África Oriental com o piloto Joginder Singh e o co-piloto Jaswant Singh, tendo conquistado a vitória.

     

    7. PV654

    A Volvo apresentou o seu primeiro motor de seis cilindros em 1929 para competir melhor num mercado governado por carros americanos. Nesse mesmo ano, os modelos da série Volvo PV650 entraram no concurso com um motor maior. A designação “PV” no nome do modelo significava “personvagnar” (carro de passageiros), enquanto o número de três dígitos traduzia o tamanho do motor, a capacidade dos assentos e nível de acabamento. De 1929 a 1937, a Volvo fabricou uma variedade de modelos da série PV650; a versão top de linha foi o PV654 de lux, com 361 exemplares construídos.

    O modelo PV654 de lux veio com um motor de 3,4 litros junto com uma transmissão manual de três velocidades e estava disponível como um sedan de quatro portas que podia acomodar até cinco passageiros. Fazendo a sua estreia em 1933, as atualizações no PV654 incluíam uma carroceria toda em aço, novos para-lamas, rodas menores de 17 polegadas, um chassi mais forte com um suporte de travessa em forma de X e aerodinâmica aprimorada. O verdadeiro apelo do PV654 veio no interior luxuoso e com o equipamento padrão que consistia em buzinas cromadas, um conjunto de pneus sobressalentes montados no para-lamas, faróis traseiros e opções de cores externas.

     

    8. 240

    Pergunte a qualquer proprietário de um Volvo qual foi o seu primeiro Volvo e eles provavelmente lhe dirão o 240. Eles podem até ter este cavalo de trabalho gasto pelo tempo e surrado arrumado nas suas garagens, o seu conta-quilómetros a oscilar os “750.000”. Estreou em 1974, o 240 atraiu tipos trabalhadores e operários que a conduziram através de tempestades de neve para chegar ao trabalho e derraparam no gelo para chegar aos sogros a tempo para o Natal. A força do 240 era que ele tinha toneladas de variações de 2 portas a 4 portas e de sedans a carrinhas. Essa variedade, juntamente com o seu estilo prático e reputação, ajudou a vender cerca de três 3 milhões de unidades. Se isso não é “popular”, então não sabemos o que é.

     

    9. S80

    Quando for solicitado para descrever um Volvo, a palavra “caixa” geralmente vem à mente logo em primeiro lugar. Seria preciso na maioria dos primeiros modelos de Volvos, exceto neste. O S80 foi criado “fora da caixa” em 1998 e apelou para um novo tipo de proprietários da Volvo que desejavam um veículo mais elegante e económico que não comprometesse a segurança ou a fiabilidade. O S80 atendeu a todos esses critérios. Era elegante e de aparência profissional. Você poderia levá-lo pelo país com as crianças e o seu cão, no entanto porque você faria isso? Era mesmo um modelo muito bonito. Os proprietários de Volvos de longa data podem ter olhado com desconfiança quando este modelo estreou, porém logo se tornou tão popular quanto os Volvos que o precederam. De 1998 a 2006, o S80 foi conduzido por CEOs a donas de casa que juram que este modelo é o melhor Volvo que já alguma vez conduziram.

     

  •  

    10. 262C

    A evolução mais estranha da gama 200 alguma vez construída, todavia não estilizada por Bertone. O tecto baixo parecia inspirado no cupe Mercedes-Benz W114, e estava inicialmente disponível apenas com uma capa de vinil. Os estofos do assento com o seu tratamento estilo cinto ecoa na Polestar 1. de hoje. Resumidamente, a Volvo também fez um sedan 262 de duas portas com o teto convencional do 242, porém achamos que o C distinto dá uma impressão mais duradoura e robusta.



    Mais: , | Por: Rita Ferraz