As 10 melhores bicicletas elétricas

Por todo o país, bares, restaurantes e outros espaços públicos estão fechados ou têm serviço limitado. O transporte público é uma proposta duvidosa, e as cidades estão a fechar as ruas para dar aos pedestres mais espaço para se movimentarem perto das suas casas.

Então agora e mais que nunca a bicicleta é a resposta. Porque reduz os combustíveis fósseis, reduz o congestionamento e é divertida. Esteja você a percorrer a sua vizinhança a comprar pregos numa loja de ferragens ou a tentar fazer alguns quilómetros fora do trajeto para uma visita socialmente distante, temos a melhor bicicleta elétrica para si.

Muitos fabricantes de bicicletas tiveram problemas de abastecimento este ano, portanto, o stock pode flutuar. Certifique-se de verificar os seus revendedores locais.

 

1. Specialized Turbo Levo Comp

Embora muitas cidades tenham restrições quanto à possibilidade das bicicletas elétricas serem permitidas em trilhos estreitos, nós divertimos-nos muito com a primeira bicicleta de montanha assistida por pedal da Specialized. Ela tem uma estrutura rígida e assimétrica que é mais longa na frente para fazer com que as descidas sejam suaves e seguras, bem como um motor de 500 watts com Smart Control, o que significa que você não precisa ajustar a assistência durante a condução. É tão divertida quanto uma bicicleta não elétrica.

 

2. VanMoof S3 e X3

Cada peça está trancada e é proprietária e nenhuma loja de bicicletas local o irá ajudar numa situação em que você estiver a andar e ficar com um pneu furado. Desativamos todos os alarmes do aplicativo porque a bicicleta estava a começar a assustar o meu filho de 5 anos sempre que passava por ela. Para além disso, odeio ter que desbloquear uma bicicleta com um aplicativo. O Bluetooth caiu algumas vezes sendo que para mim e é irritante, mesmo que você a consiga desbloquear meticulosamente com um código de backup.

É realmente uma bicicleta cheia de estilo, é ótima para andar e tem um preço muito bom para tudo o que está incluído (luzes, rack, alarmes embutidos, entre outros). Em particular, o botão elegante e o rack frontal flutuante são muito bonitos.

 

3. Specialized Turbo Vado SL Equipped

Quando tive que devolver esta bicicleta elétrica, quase chorei. O minúsculo, mas poderoso motor personalizado e a bateria fina que estão integrados na estrutura, então ela nem parece uma bicicleta elétrica. O pequeno quadro pesa 15 quilos, apenas um pouco mais do que uma bicicleta de aço normal. É uma bicicleta híbrida com um plano que facilita a manobra numa variedade de superfícies, quer você esteja a andar a 45 km/h ou a percorrer árvores no seu parque local.

O sistema de controlo inteligente da Specialized significa que você não precisa ajustar a assistência enquanto conduz ou preocupar-se em ter bateria suficiente para chegar a casa. Um choque oculto no tubo superior amortece o golpe contra qualquer buraco inesperado. Até os acessórios são de primeira linha, como para-lamas personalizados longos e flexíveis que cortam a água e afastam-no na chuva.

 

4. Propella 7-Speed (V3.4)

A n\ao ser que você já seja um entusiasta de bicicletas elétricas, provavelmente deseja uma que seja barata e, para esse facto até ao momento, isso significa o valor mais próximo possível dos 1000 euros. Esta é uma proposta difícil se você deseja um motor confiável e uma estrutura que não deforma a 25 km/h.

A Propella 7-Speed (V3.4) é a melhor bicicleta barata que encontramos. Ela tem componentes confiáveis, como uma bateria Samsung e travões de disco Shimano, e acessórios impecáveis para o preço, assim como um assento e uma suspensão bastante boa. Com quase 18 quilos, também é bem leve para uma bicicleta elétrica.

5. Batch E-Bike

É a solução ideal para o transporte diário mais barato e confiável. Nós tentamos várias concorrentes fortes no mercado, e muito parecidas com a Wing Freedom X. No entanto, a bicicleta elétrica da Batch saltou para o topo por pura confiabilidade e durabilidade. Em vez de gastar dinheiro em extras chiques, como um espigão de selim com suspensão ou tela iluminada integrada, a Batch gastou dinheiro onde é importante, num sistema de transmissão Bosch de ponta, componentes Shimano e travões de disco hidráulicos Tektro. Pode ser chato de ver e você terá que comprar os seus próprios faróis da bicicleta.

 

  •  

    6. Electra Townie Path Go!

    Passamos algumas semanas divertidas, embora monótonas, a passear na Electra Townie Path Go! esta Primavera. Com um sistema de transmissão Bosch Performance Line de última geração, uma bateria integrada, pneus Schwalbe grossos com uma carcaça Kevlar e uma pintura linda, esta é uma bicicleta urbana confortável e bonita, que foi projetada para fazer quase tudo, e excecionalmente bem.

    Com uma estrutura abdominal que tem um ângulo de assento relaxado e pedais ligeiramente colocados para a frente. Sendo que isso permite que você estenda totalmente as pernas enquanto pedala, enquanto o mantém baixo o suficiente para colocar os pés no chão quando estiver parado. Esta bicicleta é uma ótima opção se os joelhos rangem ou a parte inferior das costas o mantiveram fora do selim durante algum tempo.

     

    7. Cannondale Quick Neo SL

    A Cannondale é tão divertida de conduzir. Tem alguns pontos de dor. É compatível com vários aplicativos, apenas um dos quais mostra a vida útil da bateria, e é compatível apenas com um suporte de bicicleta proprietário, portanto, o seu suporte de aloquete não vai funcionar. Para além disso, operar o motor e acender as luzes através de um único botão é incrivelmente confuso.

    Se você deseja ter uma bicicleta elétrica acessível na sua garagem. Esta escolha pode bem servir tanto como um transporte diário quanto para passeios divertidos na terra ao fim de semana.

     

    8. Tern Vektron S10

    As bicicletas dobráveis são uma ótima opção se o espaço de armazenamento for um problema. Nós gostamos das bicicletas dobráveis Gocycle, que foram projetadas por um ex-engenheiro da McLaren e permitem que você personalize o nível de assistência do pedal. No entanto a Tern Vektron S10 que estamos a usar atualmente é apenas um pouco melhor.

    O pequeno display embutido é mais conveniente do que montar um telefone e usar um aplicativo. O Vektron também tem um motor de alto desempenho da Bosch e um computador que torna a pedalada suave e fácil, não importa o quanto tentamos desalinhar os níveis da engrenagem e assistência. Ele também tem um rack baixo embutido e luzes integradas. Também gostamos da sua aparência.

     

    9. Lectric Ebikes Lectric XP Step-Thru

    Também gostamos da Lectric XP. Para uma bicicleta dobrável, não é muito conveniente para moradores de apartamentos. Ela pesa 30 quilos e é pesada para subir e descer escadas. Também tem um sistema de dobradiça muito mais complicada do que a da Gocycle, e você tem que deixar a chave na bateria para que ela funcione. Porém o motor do cubo traseiro de 500 W oferece bastante assistência e os pneus grossos proporcionam uma viagem tranquila. Ela também vem com vários acessórios, como um rack traseiro, pára-lamas, uma tela integrada e luzes dianteiras e traseiras integradas.

     

  •  

    10. Rad Power Bikes RadRunner

    A maioria das pessoas que conhecemos pessoalmente compra esta. Tem uma mistura aparentemente mágica de acessibilidade e utilidade. A Rad Power Bikes, sediada em Seattle, envia as suas bicicletas diretamente ao consumidor e, em vez de trabalhar exclusivamente com empresas como a Bosch e a Shimano, também desenvolve os seus próprios quadros de força com motor central com vários fornecedores diferentes. Extras como pedais de alumínio e mudanças extras são eliminadas a favor de um robusto rack traseiro de 55 quilos e pneus Kenda personalizados e estáveis.

    Quase qualquer pessoa pode usar uma RadRunner. Se você deseja uma bicicleta urbana confortável para passeios na praia, um assento estável para o seu filho de 4 anos ou apenas deseja abandonar a sua Vespa movida a gasolina. Tem um assento inclinado para a frente e uma suspensão dianteira que achamos um pouco supérflua para uma bicicleta de transporte citadina pesada e de rodas grandes.



    Mais: | Por: Rita Ferraz