10 sites de Realidade Virtual que vão mudar o futuro do web design

O design na web está em constante mudança. Desde botões cinza em forma da “caixa” até à navegação em paralaxe, estamos constantemente a ver uma série de tendências diferentes ir e vir. Muitas das vezes a deixarem as suas melhores páginas para inspirar o próximo movimento de design.

Num estilo particular que o está a começar a ganhar força na web é a VR (Realidade Virtual).

Na história muito recente da web, os sites de VR começaram a descolar. Inicialmente, tínhamos as APIs WebVR que permitiam aos programadores e designers criarem realidades imersivas contínuas no navegador. Ainda mais recentemente, a indústria mudou novamente, desta vez para WebXR. Num contexto bastante fragmentado de desenvolvimento web, o WebXR procura contrariar a tendência, incluindo mais funcionalidade, AR (Realidade Aumentada), na estrutura, permitindo mais possibilidades com uma única ferramenta.

Embora essas inovações possam parecer bastante distantes para a pessoa média, este é o trabalho central e fundamental que vai permitir que experiências totalmente novas e emocionantes sejam construídas para a web. Esses são os tipos de avanços no campo que permitiriam que mundos virtuais surgissem. Semelhante a Wade Watts em Ready Player One, você logo estará a entrar no seu próprio Oasis virtual.

Para o inspirar no seu próximo projeto e mapear o que já está a ser feito no campo, vasculhamos a internet para encontrar os melhores sites de Realidade Virtual online.

 

1. Hubs

Se você já imaginou uma realidade distópica onde poderia ser indestrutível, roubar carros e conduzir até Marte, Hubs não é isso. Na verdade, parece uma prova de conceito que exemplifica muito bem as possibilidades da tecnologia. Imagine se o Zoom e o Minecraft tivessem um filho. Você pode configurar um avatar de robô flutuante que irá controlar durante a experiência e realizar ações como falar, mover-se pelos mapas virtuais, pintar em 3D ou assistir a vídeos.

É notável que algo como isso possa ser criado para o navegador e também funcionar perfeitamente em produtos de VR. O Hubs é certamente um pioneiro, que demonstra que este tipo de produtos são possíveis agora na web. Só podemos esperar que estes tipos de mundos virtuais melhorem.

Website: https://hubs.mozilla.com/

 

2. Showroom

Além de nos transportar para outros habitats digitais, a VR também está a ser integrada no mundo físico. Aqui está um exemplo incrível, cortesia da agência de criação francesa Little Workshop.

A equipa construiu uma demonstração de como um site de design de interiores pode utilizar tecnologias de VR para ajudar a vender produtos para o lar. Isso resolve um problema interessante ao fazer compras online: ver o tamanho e combinar os estilos.

Comprar os móveis certos para a sua casa é complicado, especialmente se você não tem muito espaço ou está a tentar combinar um determinado tema. Muitas medições intrincadas estão envolvidas e, muitas vezes, o produto real terá alguma peculiaridade que você não percebeu online, o que será um problema quando chegar à sua porta.

No entanto, a ideia da Little Workshop pode nos salvar de algumas dessas frustrações no futuro. Eles permitem que você percorra um showroom virtual, explorar os móveis em exibição. Utilizar a imersão para focar determinado item é boa e clara, e as especificações do produto são claramente apresentadas, ao lado de um seletor de materiais incrível que atualiza o produto 3D ao vivo no ecrã, tornando este um dos melhores sites de VR que existem.

Website: https://showroom.littleworkshop.fr/

 

3. Bear 71

O Bear 71 é o planeta Terra do futuro. É um documentário sobre a natureza combinado com uma experiência de VR que fica bem num auscultador de ouvido ou navegador. Você acompanha a história enquanto observa formas abstratas (representando diferentes animais) atravessando o terreno 3D. O documentário destaca como nosso mundo está sob supervisão, não apenas na natureza, mas também na nossa sociedade moderna, enquanto ouvimos o protagonista principal (Bear # 71) explicar como a sua paisagem está a mudar.

Dando um passo para trás e para avaliar a estética da experiência, realmente define um padrão para os documentários de VR que estão por vir e é uma referência sólida para o futuro. As interações são suaves e existe um desafio único em tentar pegar animais que se movem mais rapidamente enquanto viajam pela grelha.

Website: https://bear71vr.nfb.ca/

 

4. Dance Tonite

Numa nota mais divertida vem o Dance Tonite, que é um site de VR baseado em como experimentamos a música.

Você tem duas opções: foque o ponto (na sua câmera) se mover pelas salas quadradas e divirta-se a dançar com formas geométricas 3D que representam dançarinos humanos ou adicione a sua própria dança à mistura.

Ao aproveitar a experiência, você pode assistir de um ângulo de canto ou manter pressionado o ponto no meio da tela para obter um ponto de vista em primeira pessoa da ação enquanto você desliza pelas salas.

Para criar a sua própria dança, você precisa ter um dispositivo de realidade virtual na escala de sala e um navegador habilitado para Web VR, tornando-o ainda não tão acessível para as massas.

Tem uma bela interface, ela combina as linhas entre algo que você esperaria de uma agência de arte abstrata e uma extravagância musical de Calvin Harris. Não apenas as transições são suaves, também a tipografia e o uso de cores também são feitos com perícia.

Website: https://tonite.dance/

 

5. Zoo

Outro dos melhores sites de VR vem da agência de criação Zoo. A continuar no tópico do resumo, este é provavelmente um dos sites de VR mais bizarros da Internet. Essencialmente, o Zoo criou uma instalação de arte em formato digital. Você assume a forma de um visitante na sua galeria a observar o seu trabalho, ou os seus restos de Ramen.

Quanto à estética, é como se você estivesse numa galeria dentro de um cubo branco sólido. É envolvente e divertido de explorar, ao mesmo tempo o que lhe dá a oportunidade de mergulhar e aprender mais sobre o trabalho deles.

O Zoo estabelece um nível muito alto no que as agências de criação podem implementar nas suas páginas de marketing.

Website: https://zooaszoo.com/

 

  •  

    6. 360 Image Gallery

    Você pode estar a pensar assim: “Gosto do visual VR para exibir o meu trabalho, no entanto não tenho ideia de como criar algo como Zoo”. Não se preocupe, nós estamos a pensar exatamente a mesma coisa.

    No entanto, você pode tentar algo como esta galeria de imagens 360 da A-Frame. Na visualização, você pode arrastar a sua visualização para mover o ponteiro e, de seguida, passar o rato e clicar numa imagem para alterar o seu ambiente.

    Ele fornece uma maneira única e alternativa de mostrar a media e pode abrir caminho para o equivalente em VR do Instagram no futuro.

    Website: https://aframe.io/

     

    7. Interspace Studio

    Interspace Studio é outra agência de criação digital. No entanto, em vez de apostar tudo na VR como o Zoo, eles colocam certos aspectos visuais e combinam com as práticas atuais de web design, resultando numa interface muito moderna e limpa para o site.

    Da rolagem ultra-suave ao seu ponteiro parecido com um alvo de realidade virtual, o Interspace Studio surpreendeu e fez um caso muito convincente para o contratar para a sua próxima aventura na web.

    Uma coisa que realmente admiramos ao olhar para o site foi como eles configuraram os estados de foco. Existe um efeito de inclinação ao passar o rato sobre determinado item, o que torna a experiência muito mais parecida com um sonho do que a mudança de cor padrão na maioria dos sites.

    Website: https://interspace.studio/

     

    8. Konterball

    No topo das páginas de destino e portfólios online, também podemos ver a VR a ser usada em videojogos. Embora este não seja um fenómeno novo, a tecnologia está constantemente a permitir explorações mais refinadas neste campo.

    Konterball é um belo exemplo de como os jogos de design de VR podem estar na web. Os efeitos visuais são impressionantes e os controlos são intuitivos. No jogo, você pode jogar ping-pong contra a parte de trás da mesa ou contra outro jogador (isso mesmo, ping-pong virtual para dois jogadores já é qualquer coisa).

    A realidade virtual parece ser uma grande oportunidade para os designers de jogos criarem novas experiências e interações imersivas para os seus jogos e permitir um modo multi-jogador mais sociável e ativo.

    Website: https://konterball.com/

     

    9. Moon Rider

    Outro jogo que realmente nos apanhou de surpresa foi o Moon Rider. Criado por duas pessoas como uma prova de conceito do que é possível com sites de VR, Moon Rider é como o Guitar Hero ambientado na Rainbow Road de Mario Kart.

    Os gráficos são lindos e a interface para localizar e selecionar faixas é perfeita para o género. Honestamente, achamos que nunca gostamos da música Bohemian Rhapsody dos Queen tanto quanto a experimentamos aqui.

    Devemos observar que é melhor testar num dispositivo de realidade virtual para que você possa jogar juntamente, porém se você não tiver um, ainda pode aproveitar a viagem no seu navegador.

    Website: https://moonrider.xyz/

     

  •  

    10. OssoVR

    Numa nota mais séria, os impactos potenciais da realidade virtual são diversos e os casos de uso para a tecnologia parecem ser infinitos. De jogos a agências de criação e design de interiores, parece sempre haver uma maneira pela qual a realidade virtual pode agregar valor.

    A medicina é, obviamente, outro campo que poderia beneficiar da inovação em VR. O OssoVR parece estar a apanhar o touro pelos cornos.

    Embora o seu site real não seja inovador no seu design, o produto real que eles oferecem é. Eles permitem que os cirurgiões pratiquem com cenários e ferramentas realistas em pacientes virtuais, e até permitem avaliações da cirurgia através da plataforma.

    A capacidade de treinar para lesões e doenças menos comuns ou mais exclusivas através do uso da realidade virtual só fará um profissional médico melhor. Alcançar toda essa experiência no conforto de sua casa ou do seu escritório é uma oferta incrível que mostra verdadeiramente o valor que um bom design de VR pode ter no futuro do design da saúde e de outros campos importantes.

    Website: https://ossovr.com/



    Mais: , | Por: Rita Ferraz