10 pratos tradicionais portugueses

A comida tradicional portuguesa tenta a ser saudável, sendo que é a uma maneira educada de dizer “bastante calórica”. De volta ao dia e, ainda nas áreas rurais, as famílias criam o seu próprio gado e matam animais para aproveitar ao máximo cada grama de carne. Não é de admirar que a culinária portuguesa tenha desenvolvido muitos enchidos regionais, ou seja, salgadinhos de todas as formas e sabores, que garantem que, no final do dia, nenhuma carne seja desperdiçada.

  • Gearbest $39.99 for Lenovo E1 1.33-inch TFT Screen Sports Smartwatch Global Version promotion
  • Dependendo da região do país, você vai encontrar pratos típicos distintos. O bacalhau será um alimento básico, não importa para onde você vá. Alguns dizem que há mais receitas de bacalhau do que dias em um ano.

     

    1. Amêijoas à bulhão pato

    Mais do que uma refeição, as amêijoas estilo bulhão pato são um lanche, mais apreciado com uma cerveja gelada. É muito popular como aperitivo e é uma maneira saborosa de fazer os sabores da amêijoa fluírem. As amêijoas são cozidas até ficarem macias em azeite, alho, sal, pimenta e bastantes coentros. Outros pratos similares de moluscos podem incluir esses frutos do mar cozidos, manteiga e ervas, sendo que são ótimos. Muito importante: você vai precisar de pão para mergulhar nos molhos, pois podemos garantir que você não gostaria que uma gota fosse deixada no prato.

     

    2. Alheira de Mirandela

    Traduzir alheira para salsicha não faz justiça a esta combinação única que sim parece salsicha, mas é muito mais do que isso e não tem qualquer tradução. As carnes recheadas numa alheira podem incluir vitela, frango, pato e coelho, compactados com pão. Se você comprar “alheira de caça”, significa que essa alheira só terá carne de caça. Este enchido incomum foi criado pelos judeus em Portugal quando foram forçados a converterem-se ao cristianismo. A verdadeira religião dos judeus não permitia que eles comessem carne de porco, porém, ao prepararem este prato com aparência de salsicha, eles poderiam facilmente enganar os outros que pensavam que a alheira seria feita com carne de porco, como todos os outros enchidos portugueses parecidos. Não importa qual religião você siga, comer uma alheira frita, com um ovo frito e batatas fritas pode fazê-lo sentir uma experiência única.

     

    3. Açorda Alentejana

    Este prato típico da região sul do Alentejo é tão bom quando quando se trata de confortar alimentos com um toque rústico. A receita básica da açorda seria feita de puré de pão com azeite, coentros, sal, ovos e água, no entanto as versões mais completas podem incluir bacalhau ou camarão. Não é uma sopa e não é um ensopado, é algo entre os dois: a açorda única.

     

    4. Rojões à moda do Minho

    Como Portugal tem uma relação indescritível com a carne de porco, os rojões são abundantes para manter a centelha viva. Pedaços de lombo de porco cozidos na mesma banha de porco e temperados com alho e vinho branco. Servido com batatas cozidas, as variações deste prato podem incluir castanhas assadas. Às vezes, pode ser servido com um acompanhamento excecional, o arroz de sarrabulho. Sendo que este é outro prato de arroz frouxo que inclui pequenos pedaços de carne e sangue de porco.

     

    5. Arroz de pato

    Para o caso de não apreciar carne de porco, por favor não fique frustrado com a maioria das sugestões que vão ser dadas ao longo do artigo, vamos começar com uma nota de sorte. Em Portugal, o arroz de pato é cozido até a carne ficar muito macia, é fervida e vai ao forno para tostar juntamente com o arroz até o topo ficar crocante. O arroz absorve os sumos do pato, sendo que é tradicionalmente complementado com linguiças fumadas e fatiadas. É uma verdadeira festa de sabor.

     

  •  

    6. Feijoada transmontana

    Não coma uma feijoada transmontana no mesmo dia que for comer um cozido à portuguesa, a não ser que você tenha o desejo de explodir. O termo feijoada simplesmente significa ensopado de feijão, porém você sabe que não seria um ensopado português se você não tiver uma variedade de carnes pesadas na mistura. Todas as partes engraçadas do porco vão para este prato, pois o prato foi criado o tempo em que as pessoas não podiam desperdiçar nada que o corpo humano pudesse digerir. As carnes incluídas podem variar, contudo se você for muito exigente, pergunte antes de colocar algo na boca. Não é incomum para a Feijoada incluir iguarias como pés de porco, juntas com as orelhas, por exemplo.

     

    7. Caldo verde

    A mais tradicional das sopas portuguesas é a mais simples: cebola, batata e couve, cozida com alho e azeite. Nada encaixa melhor que uma comida de inverno como uma boa porção de caldo verde numa tijela de barro tradicional. Esta sopa normalmente é servida com uma fatia de “chouriço” (chouriço de porco fumado tradicional) e pão de milho (broa). Mergulhe a broa no caldo verde e aprecie.

     

    8. Papas de Sarrabulho

    Prato de origem minhota, este ensopado tradicional português normalmente combina carne de porco e frango com salpicão fumado e chouriço, presunto, farinha de milho, sangue de porco e vários temperos e especiarias como cominhos, limão, cravinho ou noz-moscada. Este prato era tradicionalmente preparado nos meses mais frios do Inverno, quando os porcos eram abatidos, e o sangue de porco fresco estava prontamente disponível. Embora possa ser apreciado por si só, o prato é geralmente servido como acompanhamento de rojões à moda do Minho.

     

    9. Leitão à Bairrada

    O Leitão à Bairrada é um prato português de leitão que é assado e regado até que a carne fique cremosa e a pele alcance um crocante típico. Os entendidos dizem que o melhor local para experimentar esta iguaria é na região vinícola da Bairrada, particularmente a cidade da Mealhada. Os porcos desta região são considerados os melhores de Portugal devido ao facto de se alimentarem principalmente de bolotas. A sua carne é friccionada com gordura, sal grosso, pimenta e alho, e depois é espetada num pau antes de ser cozida em fornos de eucalipto e vinha. Uma vez preparado, o leitão é tradicionalmente servido com batatas fritas, fatias de laranja e uma salada fresca ao lado.

    O prato é tão popular em Portugal que existe até uma irmandade de Leitão da Bairrada.

     

  •  

    10. Cozido à Portuguesa

    Prepare-se para conhecer o rei de todos os ensopados. É ensopado português é o exemplo perfeito da importância de utilizar todas as carnes que um animal pode fornecer. Esta bomba de carne inclui carne bovina, suína, de frango e uma variedade de derivados de suínos, como linguiças de sangue e partes de carne de porco fumada. Também existem alguns vegetais atirados para a mistura de carnes que vão para cozer, no entanto é preciso admitir que este é um prato para os amantes de carne.



    Mais: | Por: João Baganha