10 melhores jogadores de futebol do ano de 2019

1. Lionel Messi – FC Barcelona e Argentina

Mágico. Maravilhoso. Majestoso. Realmente não há superlativos suficientes para descrever o quão bom Lionel Messi tem sido na última década e meia. No ano passado, Messi não tem sido diferente, marcou 40 golos, ajudou a marcar 17, a conduzir o Barcelona ao título da Liga 2018/2018 e 2019/2019, bem como ao topo da liga neste período.

O mais impressionante, no entanto, tem sido a maneira como ele se adapta a um ambiente em rápida mudança no Camp Nou. Embora muitos dos seus colegas do passado tenham se mudado ou deixaram o futebol, o argentino ainda conseguiu manter os seus níveis escandalosamente altos de desempenho numa lista nova e muito mais inexperiente.

 

View this post on Instagram

We go again🙌👊

A post shared by Sadio Mane (@sadiomaneofficiel) on

2. Sadio Mane – Liverpool FC e Senegal

Quando o Liverpool contratou Sadio Mane de Southampton por 45 milhões no verão de 2016, estava a assumir um talento bruto, mas potencialmente brilhante. Nas três épocas e meia que se seguiram, o atacante senegalês tornou-se um dos atacantes mais devastadores do futebol mundial.

No seu ritmo atual, Mane está a fazer um golo em todos os outros jogos para os homens de Jurgen Klopp, o que, para um extremo, é impressionante. O mais importante, porém, a sua simbiose com Roberto Firmino e Mo Salah fez do ataque do Liverpool o mais temido na Europa, do qual Mane é o epítome. Pio, direto, habilidoso, preciso e forte, Sadio Mane é o pesadelo de um guarda-redes e pode estar prestes a despedir o Liverpool do seu primeiro título da Premier League.

 

View this post on Instagram

GINIIIII ❤️

A post shared by Virgil Van Dijk (@vandiijk4) on

3. Virgil van Dijk – Liverpool FC e Holanda

Van Dijk afirmou às câmeras que estava “extremamente orgulhoso de estar no mesmo clube dos dois dos maiores jogadores que já jogaram” depois de terminar em segundo, entre Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, na classificação deste ano da Bola de Ouro. No entanto, o holandês não precisa de se preocupar, pois as suas performances no último ano colocaram-no de uma forma firme na mesma linha que os argentinos e os portugueses.

Van Dijk tem sido uma força omnipresente na defesa do Liverpool (nenhum jogador passou por ele a época toda), conduzindo-o para a glória da Liga dos Campeões e para o segundo lugar na Premier League. Van Dijk também ganhou o Jogador do Ano da PFA.

 

View this post on Instagram

⚽️⚽️⚽️… RDV au Stade de France, FINALE !!! My TEAM ❤️ @psg

A post shared by Kylian Mbappé (@k.mbappe) on

4. Kylian Mbappe – Paris Saint Germain e França

Mbappe conquistou o mundo na Copa do Mundo de 2018, onde terminou com quatro golos e o prémio de Melhor Jogador Jovem, com a França a conquistar o seu segundo título. Desde então, ele ficou cada vez melhor. O jogador de 20 anos terminou o ano passado como o maior goleador da Primeira Liga, com 33 golos em 29 jogos, e já tem mais cinco neste período para colocar o PSG no seu curso habitual de domínio de jogo.

Mbappe ainda tem muito tempo, mas é improvável que demore muito até que o sexto colocado na Bola de Ouro deixe a França para um dos maiores clubes da Europa, como o Barcelona ou o Real Madrid, e se estabeleça firmemente como o maior talento do desporto desde o surgimento de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.

 

View this post on Instagram

Frustrating game last night for our team and our fans. But now heads up and focus on next! Sunday💪

A post shared by Donny van de Beek (@donnyvdbeek) on

5. Donny van de Beek – AFC Ajax e Holanda

No início de 2019, poucas pessoas teriam conhecido o nome Donny van de Beek. Agora, ele é um dos nomes conhecidos no futebol europeu. O jovem holandês superou alguns dos melhores médios do planeta, Toni Kroos, Miralem Pjanic e Thiago Alcantara, na Liga dos Campeões da época passada, enquanto o Ajax desfrutava de uma emocionante corrida até às meias-finais.

Van de Beek também foi excelente na Eredivisie, já que a equipa de Erik ten Hag venceu a primeira divisão holandesa pela primeira vez em cinco anos.

 

  •  

    View this post on Instagram

    Dobbiamo reagire da squadra vera: lavorare e fare punti. Napoli non merita questa classifica 💙 Nous devons réagir comme une véritable équipe: travailler et marquer des points. Napoli ne mérite pas ce classement 💙 We need to react as a real team: work and score points. Napoli does not deserve this ranking 💙 #NapoliLecce #ForzaNapoliSempre #KK

    A post shared by Kalidou Koulibaly (@kkoulibaly26) on

    6. Kalidou Koulibaly – SSC Nápoles e Senegal

    Koulibaly foi eleito o melhor defesa central da Serie A para a época 2018/19, com o Nápoles a pressionar a Juventus até ao último dia da corrida para o Scudetto. Koulibaly também se destacou na Copa das Nações Africanas no verão, sendo nomeado na equipa do Torneio quando o Senegal terminou como vice-campeão na Argélia.

    O Nápoles colocou um preço de 89 milhões na cabeça do jogador de 28 anos, na tentativa de afastar possíveis pretendentes, como o Real Madrid e o Manchester United, de acordo com Il Mattino.

     

    View this post on Instagram

    proud of you❤️ Hashtags | just ignore | #fcbayern #fcb #fcbayernmunich #fcbayernmünchen #thomas #müller #thomasmüller #thomasmuller #leongoretzka #goretzka #kimmich #manuelneuer #joshuakimmich #lewandowski #rl9 #robertlewandowski #esmuellert #lewangoalski #fcbfca #augsburg #fca #bayern #bayernliebe #proud #idol #hero #goals #bundesliga #goal #tor

    A post shared by 𝓂𝒾𝓇𝒿𝒶𝓂 (@esmuellert.support) on

    7. Robert Lewandowski – FC Bayern de Munique e Polónia

    Robert Lewandowski é como um bom vinho, ele melhora com a idade. O atacante polonês completou 31 anos no início da época e, desde então, aproveitou o melhor de todos os tempos para uma campanha nacional, marcando 28 golos em todas as competições, o que é, de longe, o melhor de qualquer jogador das cinco principais ligas da Europa.

    A última época também não foi tão má, pois Lewandowski marcou 40 golos e conquistou o prémio de ponta de lança da Bundesliga pelo segundo ano consecutivo e pela quarta vez nas últimas seis épocas.

     

    View this post on Instagram

    🕷+3 points #AB1 #ynwa

    A post shared by Alisson Becker (@alissonbecker) on

    8. Alisson Becker e Liverpool FC e Brasil

    O Liverpool almejava a estabilidade de um guarda-redes de classe mundial antes da chegada de Alisson Becker da AS Roma em 2018. O efeito que o brasileiro teve sobre o clube foi bastante surpreendente. Não só ele foi intocável entre os bastões, mas também deu à defesa do Liverpool um enorme impulso de confiança, e ao ataque uma saída extra graças à sua distribuição acentuada.

    O melhor guarda-redes do futebol mundial atualmente, Alisson ganhou o primeiro troféu Yashin nos prémios Bola de Ouro deste ano, bem como as luvas de ouro da Premier League e da Copa América.

     

    View this post on Instagram

    10 millions followers on Instagram. That’s crazy. Thank you all for the love and support👍

    A post shared by Kevin De Bruyne (@kevindebruyne) on

    9. Kevin De Bruyne – Manchester City – Bélgica

    “Poesia em movimento” é como descreveria Kevin De Bruyne a jogar futebol. Tudo o que o belga faz, faz com graça e elegância imperdíveis, a fazer o jogo bonito parecer fácil e, bem, bonito. A estrela do Manchester City perdeu grande parte da época passada devido a uma lesão. No entanto, depois de voltar à plena forma física durante o verão, Bruyne voltou ao seu melhor neste termo.

    O jogador de 28 anos já tem seis golos e nove assistências em seu nome na Premier League, sendo o último o maior total da divisão.

  • View this post on Instagram

    Focusing on good vibes only in 2020 and we started off right #HZ22 ❌❌❌

    A post shared by Hakim Ziyech (@hziyech) on

    10. Hakim Ziyech – AFC Ajax e Marrocos

    Depois da corrida fenomenal da Liga dos Campeões do ano passado, o Ajax viu vários dos seus maiores talentos, incluindo Matthijs de Ligt e Frenkie de Jong, a ganharem muito dinheiro. Felizmente para o campeão holandês, ele conseguiu segurar o talismã Hakim Ziyech, apesar de confirmar que ele de facto deixaria o clube no verão, segundo a BBC.

    Manter o marroquino provou ser um negócio de qualidade, já que ele já marcou sete golos e conseguiu 15 assistências em todas as competições deste ano para ajudar o Ajax a voltar ao topo da tabela da Eredivisie.



    Mais: , | Por: Rita Ferraz