10 filmes Sul Coreanos que tem de ver além do premiado Parasitas

 

Com a recente vitória do filme Sul Coreano Parasitas, realizado por Bong Joon.Ho, na última edição dos óscares (Melhor Filme, Melhor Argumento e Melhor Realizador) é inegável a maior projecção do cinema Sul Coreano a nível mundial.

  • Gearbest $39.99 for Lenovo E1 1.33-inch TFT Screen Sports Smartwatch Global Version promotion
  • Porém existem muitos mais filmes Sul Coreanos merecedores de distinção, sendo que o melhor de 10 apresenta uma lista de 10 filmes que considera fundamentais para um melhor conhecimento deste tipo de cinema.

     

    1. Pieta (2012) – Kim Ki-Duk

    Pieta Kim Ki Duk

    É o 18ª filme escrito e realizado por Kim Ki-duk. Retrata a relação misteriosa entre um homem brutal que trabalha para agiotas e uma mulher de meia-idade que se apresenta como a sua mãe. Este filme e fortemente marcado por uma mistura de simbolismo cristão e conteúdo altamente sexual.

    O título do filme diz respeito à obra artística italiana Pietà (piedade) que simboliza a Virgem Maria embalando o corpo de Jesus.

    A sua estreia mundial foi no 69º Festival Internacional de Cinema de Veneza, onde venceu o Leão de Ouro. É, assim, o primeiro filme coreano a ganhar o prémio principal num dos três grandes festivais de cinema internacionais (Veneza, Cannes e Berlim).

     

    2. I Saw the Devil (2010) – Kim Jee-Woon

    I saw the devil

    Realizado por Jee-woon Kim, teve a sua estreia no Festival Sundance de Cinema de 2011 e nos cinemas norte-americanos, de forma limitada.

    Este filme baseia-se na busca pela vingança, devido à morte cruel da sua namorada, de um agente secreto do Serviço de Inteligência Nacional da Coreia do Sul (NIS), que procura incansavelmente o seu assassino.

    Foi considerado pela critica como um filme extremamente violento, mas ao mesmo tempo belo no que se refere ao argumento e realização.

     

    3. Mother (2009) – Bong Joon Ho

    Mother BONG JOON HO

    Considerado um dos melhores filmes do cinema Sul Coreano, este filme dirigido por Kim Ki Duk, relata a luta de uma mãe pela procura de provas que permitam confirmar a inocencia do seu filho, acusado da morte de uma jovem.

    Vencedor de diversos prémios, como de melhor atriz (Hye-ja Kim) no Asia Pacific Screen Awards, para a Los Angeles Film Critics Association e também para a Asian Film Awards, de melhor filme estrangeiro, pela Boston Society of Film Critics, de melhor filme e melhor argumento para a Asian Film Awards.

     

    4. I´m a Cyborg but that´s ok (2006) – Park Chan Wook

    i'm-a-cyborg,-but-that's-ok

    Um dos filmes mais hilariantes do cinema Sul Coreano, que aborda de forma soberba e em tons de comédia a doença mental e a sua relação com a tecnologia, sobre o ponto de vista de um jovem internada num hospital psiquiátrico que acredita se ter tornado num cyborg assassino. Ao mesmo tempo começa uma relação com outro paciente que acredita que tem o poder de roubar almas.

    Foi o primeiro filme a recorrer a câmara Viper FilmStream e foi realizado pelo realizador consagrado, Park Chan-Wook, que também dirigiu outras grandes obras do cinema coreano, como Old Boy e Lady Vengeance.

     

    5. The Bow (2005) – Kim ki-Duk

    The Bow Kim Ki Duk

    Um filme extremamente visual, com poucos diálogos e filmado de uma forma soberba, foi realizado por Kim ki Duk, e relata a vida de um homem de 60 anos e de uma jovem de 16 anos, aparentemente muda, que foi considerada raptada, e que trabalha num barco, isolado da comunidade, e que ele pretende que case quando fizer 17 anos. É também um filme fortemente psicológico, que aborda a obsessão doentia de um homem, que pensa poder perder a sua «filha» para um turista que visita o seu barco. O Arco e a flecha são sem dúvida peças fundamentais neste filme.

     

  • Gearbest $39.99 for Lenovo E1 1.33-inch TFT Screen Sports Smartwatch Global Version promotion
  •  

    6. Lady Vengeance (2005) – Park Chan Wook

    Lady_Vengeance

    Filme realizado por Park Chan-Wook, que faz parte da célebre triologia da vingança, que engloba outros filmes como Sympahty for Mr Vengeance e Oldboy.

    A sua história centra-se na procura de vingança, por parte de Lee-Geum Ja, uma mulher que esteve presa, inocentemente, durante 13 anos, e que decide encontrar e matar o autor do crime que a colocou na prisão.

    Este flme foi vencedor de diversos prémios, como o Blue Dragon para melhor actriz e melhor filme, leao de ouro do Festival de Cinema de Veneza, melhor atriz no Festival de Sitges, melhor realizador no Festival de Cinema de Bangkok e Grande Prémio Orient Express no Fantasporto.

     

    7. A Tale of Two Sisters (2003) – Kim Jee-Woon

    A tale of two sisters

    Filme de terror dirigido por Kim Jee-Woon, cujo argumento consiste na historia de uma paciente de saída de uma instituição de saúde mental que regressa a casa com a sua irmã, e começa a enfrentar um conjunto de acontecimentos perturbadores entre a a sua madrasta e um conjunto de fantasmas que chegam a sua casa relacionados com o passado obscuro da mesma.

    Este filme venceu o prémio de melhor filme no Festival de cinema Fantástico do Porto (Fantasporto).

     

    8. Oldboy (2003) – Park Chan Wook

    Old Boy

    Segundo filme da aclamada trilogia da vingança, realizada por Park Chan-Wook e inspirada numa banda desenhada, com o mesmo nome.

    Este filme conta a história de Oh Dae-su, um charlatão que foi sequestrado e encarcerado durante 15 anos por motivos que desconhece, apenas que foi considerado o assassino da sua esposa. Durante esses 15 anos treinou arduamente contra as paredes da sua cela, evitando ao máximo perder a razão, com o objectivo de fugir e preparar-se para a vingança, contra a pessoa que o prendeu e o deixou em liberdade subitamente após 15 anos e sem qualquer explicação.

    Vencedor de inúmeros prémios com os prémios Grand Bell para melhor música, melhor iluminação, melhor montagem, melhor realizador e melhor actor, grande prémio do júri no Festival de Cannes, melhor ator e melhor realizador no Festival de Cinema Asia-Pacifico, melhor filme estrangeiros no British Independent Film Awards, melhor filme asiático no Festival de Cinema de Hong Kong e melhor realizador no Festival de Cinema de Bangkok.

     

    9. Address Unknown (2001)  – Kim Ki-Duk

    adress unknown

    Filme realizado por Kim Ki Duk e considerado como extremamente representativo da sua vida e experiências pessoais.

    Bastante violente e controverso relata a presença das tropas americanas na Coreia do Sul e a sua influencia e relação com uma aldeia perto de uma base americana. Com diversas personagens bizarras e estranhas, tal como um soldado americano mentalmente instável e agressivo viciado em LSD, uma rapariga com uma deficiência num olho, um rapaz solitário e um rapaz que vive com a sua mãe num autocarro abandonado pela força área americana e que a sujeita a maus tratos brutais.

    O titulo do filme é explicado pelo envio de emails da parte da mãe deste jovem para o seu marido e que vem sempre como resposta “Address Unknown”.

     

  • Gearbest $39.99 for Lenovo E1 1.33-inch TFT Screen Sports Smartwatch Global Version promotion
  •  

    10. Chingoo (Friend) (2001) – Kwak Kyung-taek

    Friend

    Um excelente filme de gansters, na base dos clássicos do cinema norte americano ” O Padrinho” e “Era uma vez na América”. Este filme realizado por Kwak Kyung-Taek narra a história de 4 amigos de escola-liceu, que seguem destinos diferentes, uns no crime organizado outros na vida integra na sociedade. Porém os seus destinos cruzam-se a amizade mantém-se seguindo contornos inimagináveis.

    Como prémios recebeu o prémio de melhor ator e melhor ator secundário no Festival de Cinema da Ásia-Pacífico (Asia-Pacific Film Festival) e de melhor argumento no Festival de Cinema Jovem de Torino (Torino International Festival of Young Cinema).



    Mais: , , , , | Por: Mário Rocha