10 curiosidades sobre Pelé

O homem, o mito, a lenda.

Mesmo que não tenha nascido quando Pelé finalmente calçou umas chuteiras de futebol com raiva, certamente que sabe quem ele é. O maior jogador de futebol de todos os tempos pode ser reformado à mais de 40 anos, no entanto as suas façanhas continuam a ser revisitadas ainda hoje.

O mundo inteiro viu as suas habilidades. Assistimos às filmagens a preto e branco de um adolescente a “destruir” um dos melhores defesas do mundo. Também assistimos a tudo e a cores de um jogador no auge das suas capacidades, a liderar uma das maiores equipas de futebol de todos os tempos na Copa do Mundo.

Fizemos um exame mais atento da carreira da estrela brasileira para lhe trazer esses factos menos conhecidos sobre Pelé.

  •  

    1. Mudou de nome em homenagem a Thomas Edison

    Pelé mudou de nome em homenagem ao inventor da lâmpada, Thomas Edison. O jovem Edson “Pelé” Arantes do Nascimento certamente demostrou muitas invenções na sua carreira e iluminou muitos campos de futebol com as suas habilidades.

     

    2. Fez uma promessa ao seu pai

    Quando o Brasil perdeu a final da Copa do Mundo para o Uruguai em 1950, Pelé viu o seu pai a chorar. “Não se preocupe”, disse Pelé a seu pai. “Um dia eu vou vencê-los”. Agora, isso é confiança!

     

    3. Marcou quatro golos na sua estreia

    Pelé assinou pelo Santos aos 15 anos e marcou quatro golos no seu jogo de estreia contra o FC Corinthians. Esta é uma maneira de recompensar a fé do ponta de lança.

     

    4. Golos, golos e mais golos

    A estrela do Brasil e do Santos não era alguém que estava feliz por ter marcado apenas um golo. Pelé marcou 92 hat-trick, quatro golos em 31 ocasiões, cinco golos em seis ocasiões e uma vez marcou oito golos numa única partida. Se ao menos existisse o videojogo Fantasy Football e estivesse por aí naqueles dias.

     

    5. É o único jogador a ganhar três Copas do Mundo

    Pelé é o único jogador de futebol que esteve em três equipas vencedoras da Copa do Mundo. Coincidência? Nós pensamos que não.

     

     

    6. É um tesouro nacional

    Não, na verdade, ele é literalmente um tesouro nacional. O governo brasileiro declarou-o em 1961 para impedir que clubes de futebol estrangeiros o levassem para fora do país.

     

    7. Qual é a origem do seu nome?

    Pelé ganhou o apelido após a pronúncia errada do nome do guarda redes brasileiro, Bilé, como Pelé. Um dos seus colegas de classe começou a chamá-lo de “Pelé” para o provocar e o nome ficou. Temos a certeza de que o seu colega de classe não ganhou três Copas do Mundo, então é seguro dizer que Pelé foi o último a rir.

     

    8. 19 de Novembro é o dia de Pelé

    Pelé marcou o seu milésimo golo a 19 de Novembro de 1969, fazendo com que o dia fosse simplesmente conhecido como dia de Pelé em Santos. Nós não iriamos invejar a lenda um dia da sua própria, justiça.

     

    9. O seu pai também foi um jogador de futebol

    O seu pai também foi um jogador de futebol apelidado de Dondinho, cuja reivindicação à fama estava a marcar cinco golos durante uma partida. Pelé chegou perto com quatro golos de cabeça contra o Botafogo, mas o seu pai conseguiu pelo menos um feito de futebol que o seu filho não conseguiu imitar.

     

     

    10. Do campo para o governo

    Pelé também foi um Ministro Extraordinário do desporto no Brasil entre 1995 e 1998. Também serviu como embaixador das Nações Unidas para Ecologia e Meio Ambiente. Não temos a certeza de quais foram as suas qualificações, mas damos-lhe o trabalho sem pensar duas vezes. Ele é o Pelé, afinal.



    Mais: , | Por: Rita Ferraz