10 curiosidades sobre Mafalda e o cartoonista Quino

Quino nasceu a 17 de Julho de 1932, é filho de imigrantes espanhóis. Para criar a personalidade de Mafalda inspirou-se na sua avó que era comunista.

 

Mafalda ou Mafaldinha aparece pela primeira vez com personagem numa campanha de eletrodomésticos em 1963. O seu nome começa por “M” devido à fabricante dos eletrodomésticos em questão chamar-se Mansfield. No entanto a campanha publicitária não chegou a lançada para o público em geral.

 

A sua personagem de banda desenhada Mafalda aparece pela primeira vez numa revista chamada Leoplán em 1964. No entanto foi o semanário da época, o Primeira Plana, que começou a publicar a banda desenhada regularmente a partir de 29 de Setembro de 1964.

 

A banda desenhada da Mafalda foi traduzida em mais de 30 idiomas, como por exemplo o chinês e o finlandês.

 

O primeiro livro compilado com as histórias da menina rebelde foi editado na Argentina em 1966. For impressos 5000 exemplares na primeira edição e foram todos vendidos em apenas 2 dias.

 

  •  

    Em Itália a banda desenhada foi apresentada pelo prestigiado escritor Umberto Eco.

     

    Quando a banda desenhada chegou a Espanha em 1970, o ditador da época (Franco) mandou a editora colocar na capa um aviso a informar: “Só para adultos”

     

    Em 1973 Quino parou de escrever as aventuras da Mafalda. Uma multidão de fãs revoltados acusaram-no de “matar” a Mafaldinha. Quino retorquiu afirmando que o sucesso da personagem até aos dias de hoje é a prova de que ela está viva.

     

    A turma da Mafalda ilustrou a Campanha Mundial pela Declaração dos Direitos da Criança levada a cargo pela Unicef em 1977.

     

    A Mafaldinha (a personagem de banda desenhada) baptizou a Plaza Mafalda com o seu nome em Buenos Aires, capital da Argentina em 1994 no bairro Colegiales.



    Mais: , , | Por: Rita Ferraz