10 Curiosidades sobre Lionel Messi

Messi já quase ganhou tudo o que há para ganhar como jogador de futebol, com exceção da Copa do Mundo da FIFA, é claro. Desde marcar um golo “Mão de Deus” até partilhar o seu aniversário com um revolucionário marxista argentino, existem muitos factos que o mundo não sabe sobre o avançado do Barcelona.

Gearbest Up to 70% OFF for Stylish Bags&Shoes promotion

 

1. As tatuagens com o tributo à sua mãe e ao seu filho

Após o nascimento do seu primeiro filho Thiago, Lionel Messi tatuou o nome do seu filho no seu gémeo. Não foi o primeiro nome que tatuou, pois já tem o retrato da sua mãe, Célia Cuccitini no seu ombro esquerdo.

 

2. Messi partilha o mês de nascimento e a cidade com Che Guevara

Lionel Messi e o revolucionário marxista argentino Che Guevara têm alguns traços comuns entre eles: ter o mesmo local de nascimento, que é Rosario, a maior cidade da província de Santa Fé, Argentina, e o mesmo mês de aniversário que é junho.

“Eu vou para outro lugar e encontro a camisa da Argentina com o meu nome e fico muito contente”, afirmou Messi uma vez. “Estou animado quando vejo bandeiras do Che Guevara, e do Diego Maradona da Argentina em qualquer parte do mundo, tenho fortes sentimentos por isso.”

 

3. Messi fala catalão quando está bêbado

Lionel Messi mal fala catalão, embora possa falar fluentemente espanhol. No entanto, uma noite, enquanto comemorava o título do campeonato de Barcelona, ​​ele fez uma exceção enquanto estava no topo do autocarro.

A parte engraçada? Ele estava bêbado então!

 

4. É mais difícil de se conseguir o número de telefone do Messi do que entrevistar Deus

Estas foram as palavras da lenda argentina Diego Maradona, que se relaciona com vários, repórteres e jornalistas que são capazes de tudo para conseguir uma entrevista com o várias vezes bola de ouro.

Roman Besa, jornalista do El Pais, também partilhou ao mundo um lado da sua própria história.

“Um dia, Lionel entrou em campo com uma colher de plástico na boca. Ele não a tirou da boca até o final da sessão. Era uma maneira de mostrar que estava chateado. Por que razão? Ninguém sabia e ninguém nunca tentou descobrir.

Dizem também que Messi para comunicar com a sua família só usa mensagens de texto. É caso para dizer que não gosta de telefones e falar com jornalistas.

 

5. É um bom garfo

Nos primeiros estágios do início da sua carreira, o treinador de Lionel Messi tinha um tipo especial de dieta de treino, no qual o treinador promeria a Messi prometia um alfajor (um prato tradicional na Argentina) de cada vez que ele marcasse um golo. O seu restaurante favorito é o Mavin em Barcelona, ​​e seu prato preferido é o Escalope Milanese.

Quando o ex-técnico Pep Guardiola pôs rédeas na equipa, o excesso de amor por comida de Messi era um problema que ele tinha que resolver. Essa informação chegou à imprensa e acabaram por apelidar Messi de “a estrela da porcelana” por o seu estilo de vida pouco saudável.

Outro exemplo engraçado é que Guardiola teve que remover uma máquina de venda automática da Coca-Cola que a equipa tinha no seu centro de estágios apenas para impedir que Messi bebesse refrigerantes demais!

 

 

6. Messi é um embaixador da boa vontade da UNICEF

Foi anunciado a 11 de março de 2010 que Messi seria um dos embaixadores da boa vontade da UNICEF, uma parceria que é apoiada pelo Barcelona, ​​que teve uma forte associação com a UNICEF.

O papel de Messi é o de apoiar os direitos das crianças. O ponta de lança doou 600.000 euros para a renovação de um hospital infantil na sua cidade natal de Rosario.

 

7. Mesmo depois de toda a fama e dinheiro, Messi mantém uma estreita ligação com Rosário

Lionel Messi manteve sempre o contacto com os seus antigos amigos de Rosário e diz-se que tem contacto diário com eles através de mensagens de texto. Messi fez uma viagem de três horas de carro até Rosário apenas para jantar com a sua família após um treino antes de voltar para Buenos Aires no dia seguinte a tempo para praticar.

Ele ainda é dono da sua antiga casa na Argentina, embora ele quase nunca esteja por la.

Ele também é o embaixador internacional de Rosário, a sua cidade natal.

 

8. O Barcelona pagou as contas do hospital de Lionel Messi

É sabido que Lionel Messi foi diagnosticado com Deficiência de Hormónio do Crescimento (GHD) aos 11 anos de idade; uma condição que o forçou a tomar Hormonas de Crescimento Humano (HGH).

O tratamento custava cerca de 900 euros por mês, sendo necessário durante todos estes anos. Era algo que a família de Messi não tinha possibilidades de pagamento. Foi então que o Barcelona quem interveio e, conhecendo o potencial de Messi, não demorou muito até que ele fosse convocado para o clube.

O clube então ofereceu-se a pagar as contas médicas de Messi sob a condição de que ele se mudar para a Espanha.

 

9. Foi com um pedaço de guardanapo que Lionel Messi iniciou a carreira em Barcelona

Foi em 14 de dezembro de 2000, quando o diretor desportivo do Barcelona, ​​Carles Rexach, realizou uma reunião com o pai de Lionel Messi, (com de idade 13 anos na altura) Jorge, para determinar o futuro do jovem prodígio.

Curiosamente, o contrato foi assinado num guardanapo que era o único pedaço de papel disponível na época.

Quem diria que este guardanapo viria a ser um dos mais importantes documentos desportivos de toda a história?

 

 

10. Lionel Messi e a sua própria versão da mão de Deus

Lionel Messi marcou com a sua própria mão de Deus durante a temporada de 2006/07, quando o Barcelona empatou 2 a 2 com o Espanyol. Foi um golo muito idêntico ao primeiro golo de Diego Maradona contra a Inglaterra na Copa do Mundo de 1986. O resultado do golo fez com que as pessoas e a imprensa espanhola começarem a rotular Messi como “Messidona”.



Mais: , , | Por: João Baganha