10 curiosidades sobre Diego Armando Maradona

1. Diego Maradona nasceu a 30 de outubro de 1960 no Hospital Evita em Lanus, Buenos Aires e foi batizado de Diego Armando Maradona. Passou a sua juventude em Villa Fiorito, uma cidade a sul de Buenos Aires. É um dos seis filhos de Diego Maradona ‘Chitoro’ e Dalma Salvadora Franco ‘Doña Tota’. Os seus pais eram filhos ilegítimos. Ele é de ascendência italiana, espanhola, croata e argentina indígena.

 

2. Aperfeiçoou a sua habilidade como jogador de futebol no seu clube de bairro Estrella Roja. Com oito anos de idade, ele foi visto por Francisco Cornejo um treinador de juniores, logo foi incluído na equipa do Argentinos Juniors.
Diego Maradona foi inspirado pelo brasileiro Rivelino e George Best da Irlanda do Norte. Tinha um talento excepcional e difícil de acreditar tendo em conta a sua idade. Aos 12 anos de idade, mostrava a sua magia com o futebol durante os intervalos dos jogos da primeira divisão.

 

 

3. Diego Maradona é o único jogador na história do futebol que recebeu duas vezes a taxa de transferência recorde.

4. Marcou o seu primeiro golo a 14 de Novembro de 1976 numa partida contra o San Lorenzo na Primera Divisão.
Maradona jogou 167 partidas pelo Argentinos Junior de 1976 a 1981, marcou 115 golos em cinco anos. A 26 de Dezembro de 2003, batizou um estádio com o nome dele.

5. Diego Maradona fez sua estreia internacional na Argentina contra a Hungria a 27 de Fevereiro de 1977, quando tinha apenas 16 anos de idade.
A 20 de Fevereiro de 1981, assinou um contrato com o Boca Juniors por uma taxa de transferência de 4 milhões de dolares. Marcou o seu primeiro golo pelo seu novo clube na vitória de 4 a 1 sobre o Talleres de Cordoba. O clube ganhou o título da primeira liga naquela época.

 

 

6. Em 1982 Diego Maradona foi transferido para o FC Barcelona, ​​em Espanha, por uma taxa de transferência recorde de 7,6 milhões de dolares.
Maradona ajudou o seu clube a vencer a Copa da Espanha, a Copa del Rey e a Supercopa da Espanha no ano de 1983.
Os seus companheiros de equipa ficaram surpresos com seu génio no campo. O seu domínio da bola era tal que dava a impressão de que a bola estava presa às suas chuteiras.

 

7. Maradona numa partida contra o Real Madrid driblou o guarda-redes Agustin e enganou o defesa Juan Jose antes de marcar o golo. Feito este tão marcante que até foi aplaudido pelos fãs rivais.
Na segunda metade de 1983, ficou de fora por três meses devido a um episódio de hepatite e um tornozelo partido que quase pôs a sua em causa carreira.

 

8. Curiosamente, a 17 de Agosto de 2015, visitou Ali Bin Nasser, o árbitro tunisino, e homenageou-o apresentando uma camisa da argentina assinada. Diego Maradona era o oficial quando marcou o mítico golo “Hand of God”.
No mesmo jogo, o segundo golo de Maradona foi votado como “Meta do Século” numa pesquisa on-line realizada em 2002 pela FIFA. Maradona recebeu a bola na segunda metade e driblou cinco jogadores ingleses com 11 toques, cobrindo mais da metade do relvado para marcar o golo. Foi capitão da seleção argentina na Copa do Mundo de 1986 no México. Levou a Argentina a ganhar o campeonato ao derrotar a Alemanha Ocidental no final por 3 a 2.
O desempenho de Maradona na Copa do Mundo de 1982 foi tão dominante que, sozinho, levou a Argentina à vitória na Copa do Mundo. Ele marcou e ajudou em 10 dos 14 golos marcados, ganhou 53 lances livres duas vezes mais do que qualquer outro jogador.
Como homenagem à sua habilidade e brilho, as autoridades do Estádio Azteca construíram uma estátua dele a marcar o golo do século e colocaram a estátua na entrada do estádio.
A 7 de Novembro de 1984, casou-se com a sua noiva Claudia Villafane, em Buenos Aires. Tem duas filhas, Dalma Nerea e Giannina Dinorah.

9. A Konex Foundation da Argentina concedeu-lhe o Prémio Diamond Konex em 1990, um dos mais importantes prémios culturais da Argentina. Maradona foi premiado pela sua contribuição ao desporto.
Em 2000, publicou a sua autobiografia “Yo Soy El Diego”, que significa: eu sou o Diego. Doou os royalties cubanos do seu livro ao povo cubano.
No mesmo ano, a FIFA realizou uma pesquisa na Internet para selecionar o FIFA Player of the Century. Ele ganhou esse prémio com 53,6% dos votos.
A 22 de Março de 2010, liderou a lista dos 10 melhores jogadores da Copa do Mundo de todos os tempos, de acordo com o The Times.

 

 


10. Em 2003, foi nomeado consultor técnico por Al-Saadi, o terceiro filho de Muammer Gaddafi. Al-Saadi jogava na Serie A pelo Perugia Calcio.
Diego Maradona fez a sua estreia como apresentador de um talk-Variety show La Noche del 10 na televisão argentina, significando a noite do número 10. Ele recebeu o mítico Pelé na noite de abertura.
O premiado produtor de filmes sérvio, Emir Kusturica, fez um documentário em 2008 sobre a vida de Maradona, intitulada “Maradona”.
A 29 de Outubro de 2008, Maradona foi apresentado como o treinador principal da seleção nacional. A Argentina venceu o seu primeiro jogo contra a Escócia sob sua responsabilidade.



Mais: , , , | Por: João Baganha