10 bandas alternativas lideradas por mulheres

É inegável a influência das mulheres na sociedade e no mundo em geral, em várias áreas. Quem nunca ouviu a expressão “Por trás de um grande homem existe sempre um grande mulher”? Nesta óptica, o melhor de 10 vai dar música e falar de bandas que tiveram e ainda tem uma influência do sexo feminino na sua história e sucesso.

  • Gearbest $39.99 for Lenovo E1 1.33-inch TFT Screen Sports Smartwatch Global Version promotion
  •  

    1.  Bikini Kill

    Bikini-Kill-1280x720

    Bikini Kill é uma banda americana de punk rock criada nos anos 90 (1990) em Olympia, Washington. É composta pela vocalista e compositora Kathleen Hanna, o guitarrista Billy Karren, a baixista Kathi Wilcox e a baterista Tobi Vail. A banda é considerada a pioneira do movimento riot grrrl, e destaca-se pelas suas letras com conteúdo feminista radical e performances incendiárias. O género musical da banda é influenciado pelo hardcore. Após dois álbuns, vários EPs e duas compilações, a banda dissolveu-se em 1997. Porém,  Em janeiro de 2019, a banda anunciou reunião para shows nos Estados Unidos.

    Tem como álbuns de estúdio os seguintes:

    • Revolution Girl Style Now! self released cassette (1991)
    • Bikini Kill EP on Kill Rock Stars (1991)
    • Yeah Yeah Yeah Yeah split LP with Huggy Bear on Catcall Records in the UK, Kill Rock Stars in the US (1993)
    • Pussy Whipped LP on Kill Rock Stars (1994)
    • Reject All American LP on Kill Rock Stars (1996)

     

    2. Siouxie and the Banshees

    Siouxsie_and_the_Banshees

    Banda de rock inglesa formada em Londres em 1976 por Siouxsie Sioux (vocal) e Steven Severin (baixo). é uma das pioneiras do pós-punk. A sua música variou constantemente ao longo de seus vinte anos de existência . Como principais sucessos destacam-se as canções “Hong Kong Garden”, “Happy House”, “Christine”, “Spellbound”, “Cities in Dust”, “Peek-a-Boo” e “Kiss Them for Me”.

    Siouxsie and the Banshees é também considerada uma influência importante em diversos artistas como Joy Division, The Cure, Depeche Mode, The Smiths, Massive Attack, Radiohead e PJ Harvey.

    Apresenta os seguintes álbuns de estúdio:

    • The Scream (1978)
    • Join Hands (1979)
    • Kaleidoscope (1980)
    • Juju (1981)
    • A Kiss in the Dreamhouse (1982)
    • Hyæna (1984)
    • Tinderbox (1986)
    • Through the Looking Glass (1987)
    • Peepshow (1988)
    • Superstition (1991)
    • The Rapture (1995)

     

    3. The Raincoats

    The raincoats

    The Raincoats são uma banda pós-punk britânica liderada por Ana da Silva e Gina Birch, que a criaram em 1977 enquanto estudavam no Hornsey College of Art em Londres.
    Todos os seus cinco álbuns foram bem avaliados pela crítica, que chegou mesmo a considerar as The Raincoats como uma banda pós-punk incomum, pois seus álbuns continham bastante dissonância e mudança de ritmos brusca.

    Apresenta-se como álbuns de estúdio os seguintes:

    • The Raincoats (1979)
    • Odyshape (1981)
    • Moving (1984)
    • Looking in the Shadows (1996)

     

    4. L7

    L7 banda

    L7 é uma banda americana de rock formada em 1985 por Donita Sparks e Suzi Gardner em Los Angeles. A banda aparentemente dissolveu-se em 2000, mas seu o seu fim não foi declarado oficialmente. Em 2014 a banda anuncia o seu regresso, após 14 anos do seu fim.

    O seu nome (L7) deriva-se de uma gíria nos Estados Unidos para “quadrado” (que seria a forma resultante de se colocar um “L” formado pelo dedo indicador e polegar esquerdos com um “7” formado pelos dedos polegar e indicadores direitos).

    Apresenta-se os seguintes álbuns de estúdio:

    • L7 (1988)
    • Smell the Magic (1990)
    • Bricks Are Heavy (1992)
    • Hungry for Stink (1994)
    • The Beauty Process: Triple Platinum (1997)
    • Slap Happy (1999)
    • Scatter The Rats (2019)

     

    5. Sonic Youth

    sonic youth

    Sonic Youth foi uma banda de rock alternativo norte-americana, criada em 1981, em Nova Iorque. É constituída por Thurston Moore (vocais e guitarra), Lee Ranaldo (vocais e guitarra), Kim Gordon (baixo, guitarra e vocais), Mark Ibold (baixo) e Steve Shelley (bateria). Apresenta um estilo musical que mistura rock alternativo, elementos de noise, post-punk e composições avant garde. Ícone da música e da cultura alternativa norte-americana, é considerado bastante peculiar e criativo, fundamentado em experimentações melódicas, com influências do punk rock e do hardcore. C

    Conquistaram um sucesso moderado no mainstream, e são considerados um dos grupos pioneiros do rock alternativo.

    Tem como álbuns de estúdio os seguintes:

    • Confusion Is Sex (1983)
    • Bad Moon Rising (1985)
    • EVOL (1986)
    • Sister (1987)
    • Daydream Nation (1988)
    • Goo (1990)
    • Dirty (1992)
    • Experimental Jet Set, Trash and No Star (1994)
    • Washing Machine (1995)
    • A Thousand Leaves (1998)
    • NYC Ghosts & Flowers (2000)
    • Murray Street (2002)
    • Sonic Nurse (2004)
    • Rather Ripped (2006)
    • The Eternal (2009)

     

     

    6. Slowdive

    slowdive 2

    Banda de rock alternativo formada em 1989, em Inglaterra, por Nick Chaplin (baixo), Rachel Goswell (vocais, guitarra), Neil Halstead (vocais, guitarra) e Christian Savill (guitarra)

    Consta que o nome do grupo  surgiu de um sonho de Chaplin e de uma conversação com Rachel Goswell que seguriu”Slowdive”, o nome de uma canção de um de seus grupos favoritos, Siouxsie and the Banshees. Dois dos membros da banda Goswell e Halstead já se conheciam desde a infância em Reading, Berkshire, quando Goswell era uma fã obcecada pelos Smiths. Quando Savill e Chaplin deixaram a banda após o lançamento do terceiro álbum Pygmalion, os membros restantes formaram a Mojave 3, com influências mais voltadas para o country e folk.

    A banda retornou em 2014 e apresenta como álbuns de estúdio os seguintes:

    • Just for a Day (1991)
    • Souvlaki (1993)
    • Pygmalion (1995)
    • Slowdive (2017)

     

    7. Cocteau Twins

    Cocteau Twins

    Os Cocteau Twins foram uma banda escocesa de rock formada em 1979. Na sua formação constam Elizabeth Fraser (vocais), Robin Guthrie (guitarra), Will Heggie (baixo), Simon Raymonde (baixo, em 1983, com a saída de Heggie).

    Foram uma banda com influências no pós-punk e com tons góticos e psicadélicos que marcaram os anos 80, com o seu som melancólico, doce e sombrio. A par com outras bandas de culto do movimento como Dead Can Dance e This Mortal Coil, são aclamados como os precursores do estilo ethereal e dream pop.

    Tem os seguintes álbuns de estúdio:

    • Garlands (1982)
    • Head Over Heels (1983)
    • Treasure (1984)
    • Victorialand (1986)
    • The Moon and the Melodies (1986) com Harold Budd
    • Blue Bell Knoll (1988)
    • Heaven or Las Vegas (1990)
    • Four-Calendar Café (1993)
    • Milk and Kisses (1996)

     

    8. The Kills

    The kills

    The Kills é uma banda de garage rock, constituída por apenas dois elementos, que são Alison “VV” Mosshart (vocais e guitarra) e o britânico Jamie “Hotel” Hince (vocais, guitarra e bateria).

    Antes da formação da banda, Alison fazia parte da banda punk rock Discount, e Hince do grupo rock Scarfo. Os músicos conheceram-se quando Alison ouviu Hince a ensaiar num quarto de hotel, por cima do seu.

    Tem o seguintes álbuns de estúdio

    • Keep on Your Mean Side (2003)
    • No Wow (2005)
    • Midnight Boom (2008)
    • Blood Pressures (2011)
    • Ash & Ice (2016)

     

    9. Mono

    mono-band

    Banda japonesa de rock instrumental, formada, em 1999, em Tóquio. A banda é constituída por Takaakira Goto (guitarra eléctrica), Yoda (guitarra eléctrica), Tamaki Kunishi (baixo, guitarra, piano, glockenspiel), e Yasunori Takada (bateria, xilofone, sintetizador)

    O seu rock instrumental tem contributos do rock experimental e shoegazing, assim dos períodos, clássico e contemporâneo, da música clássica, e também pelo noise e minimalismo. O seu som é caracterizado pelas guitarras rítmicas de Goto e Yoda, ambos os quais fazem uso extensivo de distorção, reverb e efeitos de atraso.

    Apresentam os seguintes álbuns de estúdio:

    • Under the Pipal Tree (2001)
    • One Step More and You Die (2002)
    • Walking Cloud and Deep Red Sky, Flag Fluttered and the Sun Shined (2004)
    • You Are There (2006)
    • Hymn to the Immortal Wind (2009)
    • For my Parents (2012)
    • The Last Dawn (2014)
    • Rays of Darkness (2014)
    • Requiem for Hell (2016)
    • Nowhere Now Here (2019)

     

     

    10. Chromatics

    chormatics

    Banda norte americana de música electrónica originária de Portland, Oregon, formada em 2001. É constituída por Ruth Radelet (voz, guitarra, sintetizador), Adam Miller (guitarra), Nat Walker (batería, sintetizador) y Johnny Jewel (productor, multi-instrumentalista). No seu inicio a banda apresentava um estilo mais relacionado com o punk e lo-fi. Porém após várias modificações passou a adotar um estilo mais italo disco.

    Tem os seguintes alguns de estúdio:

    • Chrome Rats vs. Basement Rutz (Gold Standard Laboratories, 2003)
    • Plaster Hounds (Gold Standard Laboratories, 2004)
    • Night Drive (Italians Do It Better, 2007)
    • Kill for Love (Italians Do It Better, 2012)
    • Closer to grey (Italians Do It Better, 2019)


    Mais: , , , | Por: Mário Rocha