10 alimentos para eliminar gordura corporal

Quais alimentos são capazes de diminuir a gordura do seu organismo? Para nos fortalecermos nessa tarefa, falaremos de 10 alimentos ou nutrientes que auxiliam na queima de gordura corporal.

O emagrecimento saudável envolve a redução do volume de gordura do tecido adiposo corporal, deixando-o mais definido. A prática de atividades físicas com regularidade é muito importante para a queima de gordura. Para tanto, existem alimentos que podem agir como aliados nesse objetivo.

Falaremos sobre alguns alimentos e nutrientes que representam ótimos benefícios e coloque-os na sua alimentação diária. Assim, será possível  percebermos a diferença no corpo e saúde mental. Dessa forma, impedir o acúmulo de gordura no corpo não é somente uma preocupação com a beleza do corpo, mas com a saúde. Caso o percentual de gordura do corpo esteja mais elevado que a média, os riscos para surgimento de doenças cardiovasculares se elevam, ainda que a pessoa tenha um peso adequado. Assim, esse acúmulo de gordura é decorrente da ingestão de muitas calorias com o passar dos anos, resultante do consumo excessivo de alimentos muito açucarados, com muita gordura e bebidas com alcoól.

Além disso, uma alimentação com baixo nível de nutrientes provenientes de frutas, legumes e verduras, e que possuem poucas de fibras, vitaminas e minerais, aliados ao sedentarismo, são os mais poderosos fatores de risco para afetar negativamente a dose de gorduras do sangue, como colesterol e triglicerídeos, pressão alta e acúmulo de gordura no corpo. Assim, com as escolhas corretas , você consegue reduzir a absorção de gordura  e queimar peso com o auxílio de atividades físicas, sendo estas excelentes aliadas nesse objetivo, além de melhorar o sistema cardiovascular e melhorar o gasto de energia durante todo o dia. Falaremos de alimentos que são muito bons para a redução da gordura no corpo e que vão te auxiliar na conquista do seu objetivo:

 

  • 1. Farelo de aveia

    Este alimento é rico em fibras, nutriente que auxilia no funcionamento do intestino e diminui a absorção da gordura e carboidratos, o que se dá devido ao facto das fibras serem digeridas de forma lenta, reduzindo a produção de insulina. Assim, quanto maior for a quantidade de insulina, mais fácil será a absorção e acúmulo das gorduras. Além disso, as fibras aumentam sensação de satisfação, o que faz com que o indivíduo reduza a a quantidade de comida ingerida.

     

    2. Banana

    Essa fruta contém muito amido, um nutriente que contribui para a saúde do intestino e sacia e ajuda para manter um coração saudável. Entretanto, conforme metaboliza no organismo, o amido se transforma em açúcar, havendo perdas das propriedades deste alimento. A melhor opção é não comê-la muito madura ou mesmo verde. O facto de ter vitamina B6 também afeta a metabolização das gorduras, pois auxilia na degradação da homocisteína, uma substância que em em grande quantidade na circulação sanguínea facilita para formar placas de gordura e elevar o risco de problemas cardiovasculares.

     

    3. Frutas Cítricas

    Essas frutas contém muita vitamina C, um forte antioxidante que age reduzindo a absorção de gordura pelo corpo, além de terem a pectina, que potencializa tal ação. Assim, trocar a garrafa d’água por outro com rodelas de limão auxilia neste processo.

     

    4. Azeite Extra Virgem

    Este alimento possui muita gordura insaturada, que auxilia para redução de inflamações a nível celular e assim facilitar o processo para a perda de alguns quilinhos. Assim, a sua ingestão também reduz a rapidez da digestão de carboidratos, auxiliando para a manutenção do equilíbrio de insulina, impedindo que o corpo acumule mais gorduras.

     

    5. Iogurte

    Age como um probiótico, o que melhora a saúde do intestino, o que pode cumprir uma função importante no que toca a redução de gordura no corpo, também é uma excelente fonte de proteínas e possui baixa quantidade de calorias e carboidratos. Assim, tais produtos incentivam uma boa digestão e facilitam a produção de vitamina B12, que ajuda na diminuição do peso.

     

     

    6. Abacate

    Esse alimento possui muita gordura monoinsaturada ou ácido oleico, que consegue diminuir a fome. Além disso, o abacate tem uma substância, a glutationa, que auxilia no equilíbrio dos níveis de cortisol no corpo. Tal hormônio tem relação com estresse e acaba ser um dificultador nos planos alimentares. Esta fruta é  fonte de fibras e proteínas.

     

    7. Suco Natural

    Há um suco poderoso para ajudar na perda de gordura e contém: melancia, gengibre e manjericão. Tal suco é muito diurético devido à melancia e age como um alimento termogênico, por que agiliza o metabolismo, o que se dá devido ao gengibre, que é uma raiz com vários usos na medicina, que tem a capacidade de elevar o gasto de calorias em mais de 10%. Outra função que este sumo tem é a de desintoxicar o corpo, o que resulta do consumo do manjericão. Basta bater no liquidificador 2 fatias de melancia, 1 lasca de gengibre e 7 folhas de manjericão fresco, liquidificar, não sendo preciso coá-lo.

     

    8. Vitamina D

    Diferentemente daquilo que costumamos ouvir, a absorção de vitamina D tem várias outras funções no corpo além de fortalecer os ossos e dentes, reduzindo o inchaço e a vontade de comer. Além de assegurar o ao menos menos 15 minutos de exposição solar diários, coma alimentos como peixes, ovos e leite, que possuem vitamina D.

     

    9. Chá verde, preto e café

    Esses chás além de agilizarem o funcionamento do metabolismo e elevarem a temperatura do corpo, as xantinas, contidas na cafeína, teofilina e teobromina, presentes nessas bebidas elevam a mobilização de gorduras acumuladas. Assim, tomar uma xícara de chá de 30 a 40 minutos depois do almoço e jantar, com atenção para não beber antes do sono, conforme recomendações médicas.

     

     

    10. Peixes e frutos do mar

    A inflamação é um dos maiores contribuintes para o aumento do peso. Assim, peixes e frutos do mar, por terem muito ômega 3, um ácido graxo importante, auxiliam na desinflamação celular da gordura, agindo no controlo deste problema e na perda de barriga. Além disso, tais alimentos também agilizam a transformação da glicose em energia, evitando que esta seja acumulada na forma de gordura. Por isso, a entrada de tais alimentos na dieta diária pode ser praticado ao menos três vezes semanalmente.



    Mais: , | Por: Flávia Negrini