10 Vitórias de Equipas Portuguesas a Inglesas no Século 21

Portugal Ingalterra jogos competiçoes europeias

Apesar da forte derrota do FC Porto para a liga dos Campeões frente ao Liverpool, convém não desvalorizar as equipas portuguesas e constatar que, apesar de atualmente não apresentarem um nível competitivo tão elevado como as equipas inglesas, foram capazes ainda neste século de grandes sucessos internacionais, frente a equipas de terras de Sra Majestade. Assim, o melhor de 10 reune 10 vitórias de equipas portuguesas a equipas inglesas no século 21.

 

1. FC Porto-Manchester United (2-1) – Liga dos Campeões Europeus 2003-2004

Porto-Manchester United - 2003/2004

Na época em que o FC Porto se viria a consagrar, pela segunda vez, Campeão Europeu de Futebol. uma das suas mais importantes conquistas foi frente à poderosa equipa inglesa do Manchester United. Dois golos do sul-africano Benni McCarthy permitiram ao Porto bater, na primeira mão, no Estádio do Dragão, o United de Alex Ferguson. Porém na segunda mão as coisas começaram a complicar-se para a equipa portuguesa, no momento em que um golo de Paul Scholes parecia destinado a dar o apuramento à turma inglesa graças à regra dos golos fora. Contudo, o «milagre» aconteceu em cima do minuto 90 através de uma soberba recarga de Costinha, na sequencia de um livre directo, que fixou o resultado em 1-1. No momento também foi de realçar a corrida eufórica de José Mourinho para festejar junto dos adeptos “azuis-e-brancos”.

2. Newcastle-Sporting (1-4) – Taça Uefa 2004/2005

Sporting Taça Uefa 2004-05

Um golo solitário de Alan Shearar ditou a derrota do Sporting na primeira mão. Kieron Dyer colocou o Newcastle na frente na segunda mão, fazendo com que em Alvalade, o sonho de jogar a final em casa se desvanecesse . Porém os “leões” tiveram uma reacção memorável: Marius Niculae empatou ainda antes do intervalo e, na segunda parte, golos de Ricardo Sá Pinto, Beto e Fábio Rochemback colocaram a equipa nas meias-finais, mantendo a chama acessa na presente competição.

3. Liverpool FC – SL Benfica (0-2; oitavos-de-final da UCL 2005/06)

Benfica Liverpool UCL 2005-2006

como uma vitória pela margem mínima na primeira mão, no estádio da luz, com um golo tardio de Luisão, seriam de esperar sérias dificuldades para a segunda mão no terreno de um Liverpol recheado de estrelas como Xabi Alonso, Steven Gerrard ou Fernando Morientes. Porém um grande golo de Simão Sabrosa a meio da primeira parte deixou as “águias” com um pé nos quartos-de-final e mais um grande golo, perto do fim, assinado pelo italiano Fabrizio Miccoli fechou em definitivo as contas.

4. Sporting – Bolton (1-0, Taça Uefa

Sporting Bolton taça Uefa 2007/2008

Após um empate 1-1 em Inglaterra um soberbo golo de Pereirinha acabou com a eliminatória eliminando a equipa Inglesa do Bolton da competição.

4. Sporting – Everton (3-0, Taça Uefa 2009/2010)

Sporting Everton Taça Uefa 2009/2010

Na primeira mão, em Inglaterra, o conjunto leonino viu-se a perder por 2-0. Porém uma grande penalidade convertida por Miguel Veloso relançou o Sporting na eliminatória.  Em Lisboa, no estádio de Alvalade, novo golo de Miguel Veloso, já na segunda parte, colocou os “leões” na frente da eliminatória, quer terminaria a favor do Sporting, com mais dois golos, assinados por Pedro Mendes e Matías Fernández.

5. SC Braga – Liverpool (1-0, Liga Europa 2010/2011)

SC Braga Liga Europa 2010/2011

Durante o percurso para a única final europeia da sua história, o Braga encontrou pela frente a temivel equipa Inglesa do Liverpool. Porém, um penalty convertido por Alan bem cedo na primeira mão deixou a formação “arsenalista” em vantagem, que consegui realizar a proeza, de a manter, na segunda mão, com o nulo no marcador a permitir à turma orientada por Domingos Paciência a passagem os quartos-de-final.

 

6. Sporting – Manchester City (1-0, Liga Europa 2011/2012)

Sporting Liga Europa 2011/2012

Um excelente golo de calcanhar do defesa brasileiro Xandão deu ao Sporting a vantagem na primeira mão frente à equipa Inglesa do Manchester City, que contava no ataque com jogadores como Edin Džeko, Kun Agüero ou Mario Balotelli. Na segunda mão, golos de Matías Fernández e Ricky van Wolfswinkel pareciam ter arrumado em definitivo com a eliminatória, conduzindo o Sporting para a ronda seguinte. Contudo a eliminatória estava longe de estar decidida, uma vez que Agüero bisou (2 golos) e Balotelli marcou de penalty, e só uma grande defesa de Rui Patrício a cabeçada do guarda-redes contrário, Joe Hart, no último instante, segurou o apuramento “leonino”.

7. SL Benfica – Newcastle FC (3-1, Liga Europa 2012-2013)

Benfica Newcastle Liga Europa 2012/2013

Na primeira mão o Benfica começou a perder, mas golos de Rodrigo, Lima e Óscar Cardozo viraram o resultado. Depois, na segunda mão, em Inglaterra, as “águias” ficaram de novo em desvantagem, mas um golo de Eduardo Salvio já nos descontos confirmou o apuramento, num percurso que viria apenas a terminal na final perdida, para outra equipa inglesa, o Chelsea.

8. Tottenham – Benfica (1-3, Liga Europa 2013/2014)

Benfica - Tottenham Liga Europa

Com um golo de Rodrigo e dois de Luisão o Benfica superou o Tottenham em Londres, na primeira mão,  Na segunda mão o Benfica marcou primeiro, por Garay. Dois golos de Nacer Chadli para o Tottenham no espaço de um minuto perto do fim ainda lançaram dúvidas, mas um penalty convertido por Lima nos descontos fechou a eliminatória.

10. Porto-Leicester (5-0, Liga dos Campeões 2015/2016)

Porto Leicester Liga dos Campeões 2016/2017

Depois de ter perdido por 1-0 em Inglaterra na fase de grupos da Liga dos Campeões de 2016/2017, o FC Porto alcançou uma soberba goleada após uma excelente exibição no Estádio do Dragão no Porto com golos de Corona, Brahimi, André Silva (2) e Diogo Jota.



Mais: , , , , | Por: Mário Rocha