10 livros sobre a realidade pós-apocalipse/fim do mundo

livros e fim do mundo

Como nos dias que correm a temática do fim do mundo está cada vez mais em voga, sendo inúmeras as teorias sobre o apocalipse e o fim do mundo apresentamos 10 livros que consideramos fundamentais para conhecer possíveis visões de mundos pós-apocalípticos. Sejam bem vindos ao mundo pós fim do mundo!!!

 

1. The Scarlet Plage (A Praga Escalarte) – Jack London

Scarlet Plage - Jack London

Escrito em 1912 por Jack London esta obra consiste numa incursão do autor pela ficção científica, na qual faz um pouco de futurologia. A história decorre no século XXI, e apresenta o relato de um velho professor universitário, aos seus três netos, todos eles reduzidos à condição de selvagens, após a disseminação da maioria da espécie humana, no ano de 2013, devido ao aparecimento de uma espécie de peste, conhecida como a praga escalarte.

O velho professor, vítima de várias travessuras dos netos, vai contar-lhes a experiência que viveu para escapar à terrível peste, através do mundo despovoado, de desertos e de cidades mortas, procurando desenvolver neles os valores do conhecimento e da sabedoria.

Este livro encontra-se traduzido para Língua Portuguesa.

 

 

 2. Earth Abides – George Stewart

Earth Abide - George Stewart

Earth Abides é uma obra de ficção Cientifica de George R. Stewart, publicada em 1949, que relata a história da queda da civilização devido a uma doença mortal, e o seu posterior renascimento. A história decorre nos Estados Unidos da América, em Berkeley, Califórnia e tem como principal personagem Isherwood Williams, que emerge do isolamento nas montanhas para encontrar a maioria da civilização destruída e morta.

Earth Abides venceu o primeiro prémio internacional de Fantasia (International Fantasy Award) em 1951, foi incluído na lista dos melhores livros de ficção cientifica da Locus Magazine, nos anos de 1987 e 1998, e foi nomeado para fazer parte do Prometheus Hall of Fame.

Earth Abides foi, também, uma grande influência para The Stand de Stephen King.

Não existe tradução em Português deste livro.

 

3. I am the Legend (Eu sou a lenda) – Richard Matheson

I am the legend - Richard Matheson

Escrito em 1954, por Richard Matheson, I am the legend (Eu sou a Lenda) é um livro de horror e Ficção Cientifica, que relata a história de Robert Neville, o último homem vivo na Terra, que porém não se encontra sozinho, estando rodeado de outros homens, mulheres e crianças que se transformaram em vampiros, devido a uma doença provocada por uma bactéria mortífera, e anseiam pelo seu sangue. Assim durante o dia, ele é o predador, caçando os mortos vivos pelas ruínas abandonadas da civilização e de noite, barrica-se em casa, esperando ansiosamente que chegue mais uma manhã. Como e quanto tempo poderá Neville sobreviver num mundo de vampiros?

Esta obra foi influente no desenvolvimento do género Zombie e na popularização do conceito de um apocalipse em todo o mundo devido a uma doença.

Foi alvo de 3 adaptações para o cinema, como The Last Man on Earth (O Último Homem na Terra), em 1964, The Omega Man, em 1971, e Eu Sou a Lenda, em 2007.

Este romance também inspirou o roteiro do filme A Noite dos Mortos vivos, de George Romero (1968).

Este livro encontra-se publicado em Português.

4. A canticle for Leibowtsy (Um canto para Leibowtsy) – Walter M Miller Jr.

Canticle for Leibowitz - Walter M Miller Jr.

A Canticle for Leibowitz (Um canto para Leibowitz) é uma novela de ficção cientifica escrita por Walter M. Miller Jr., e publicada em 1960. A narrativa desenvolve-se num mosteiro católico situado no deserto do oeste americano após a destruição da civilização devido a uma Guerra nuclear, e decorre ao longo de milhares anos, mostrando como a civilização se reconstroi.

Os monges da fictícia ordem Albertiana de Leibowitz têm como principal missão preservar o que resta do conhecimento científico, através da recolha e cópia do pouco material escrito, que escapou a um episódio apelidado de “Simplificação”, que é a revolta contra a ciência que levou à criação das bombas nucleares e à guerra nuclear. Durante esta altura praticamente tudo que era palavra escrita foi destruído e quase todos os letrados foram mortos. Passou-se, então, a promover a iliteracia, tornando-se o uso da palavra “simplório” a ser usada com grande orgulho.

Esta novela baseou-se em três histórias curtas, com as quais Miller contribuiu para a The Magazine of Fantasy & Science Fiction, e foi a única novela escrita em vida pelo escritor.

É considerada um clássico da ficção cientifica e venceu o hugo award em 1961, para melhor novela de ficção cientifica.

Este livro encontra-se traduzido para Português.

 

5. The Stand (A dança da morte) – Stephen King

The Stand - Stephen King

The Stand (A dança da morte) é um romance romance pós-apocalíptico de horror/fantasia do escritor norte-americano Stephen King, publicado originalmente em 1978.

Posteriormente, no ano de 1990, surgiu a edição expandida (The Stand: The Complete & Uncut Edition), e uma adaptação para a televisão em forma de minisérie em 1994, pela rede norte-americana ABC.

No livro é retratado um mundo devastado por uma grande peste durante a década de 1980, estando dividido em 3 diferentes partes, numa sequência cronológica, em que cada uma se refere a uma etapa específica da história:

• O Capitão Viajante (Captain Trips]: Nesta fase a peste (supergripe, gripe azul ou capitão viajante) começa a espalhar-se pelo mundo, provocando a morte a quase totalidade da população mundial. Neste momento os poucos sobreviventes começam a unir-se e formam 2 grandes grupos: o primeiro, guiado espiritualmente por Mãe Abagail, e o segundo, sob a obscura influência de Randall Flagg.
• Na Fronteira (In The Border): Neste ponto da narrativa, os seguidores de Abagail instalam-se em Boulder, no Colorado, e dão inicio à reconstrução da sociedade como a conheciam. Por outro lado, em Las Vegas, os seguidores de Flagg implementam uma autocracia baseada na busca de poder bélico e fortemente centrada no próprio Flagg. A posição de ambas cidades uma em relação à outra, separadas quase que apenas por montanhas rochosas, permite prever uma condição de forte antagonismo.
• O Confronto (The Stand): a ultima parte do livro consiste no confronto entre as duas sociedades, considerando a sua impossibilidade de coexistência, após um ataque à sede do comitê da Zona Livre (Abagaill) revelar-se manipulado indiretamente pelo próprio Flagg. Assim, os membros sobreviventes do comitê da Zona livre resolvem confrontar-se com Randall Flagg, dirigindo-se até Las Vegas,  munidos, apenas da sua própria fé.

The Stand (A dança da morte) foi nomeado para melhor novela pela World Fantasy Award em 1979, e deu também origem a uma novela gráfica publicada pela Marvel Comics.

O presente livro encontra-se publicado em Português do Brasil

6. God´s Grace (A Graça de Deus) – Bernard Malamud

Gods Grace - Bernard Malamud

God’s Grace (A graça de Deus) é o ultimo livro escrito por Bernard Malamud, em 1982, e baseia-se na história do paléologo Calvin Cohn, o único sobrevivente do segundo dilúvio desde os tempos da Arca de Noé, levado a cabo por Deus, devido à sua insatisfação com a raça humana, que considera responsável pelo fim do mundo devido a uma guerra termonuclear.

Calvin Cohn está vivo, graças a um erro de Deus. Único sobrevivente do fim do mundo, Calvin Cohn – um estranho Robinson Crusoé ou um novo Noé – tenta construir, na companhia de uma comunidade de chimpanzés, um novo homem e uma nova sociedade.

O presente livro encontra-se publicado em Português.

 

 

7. The Slynx – Tatyana Tolstaya

The Slynx - Tatyan Tolstoya

The slynx é um livro de ficção escrito por Tatyan Tolstaya, e publicado na Rússia em 2000 (apenas traduzido para Inglês em 2003) cuja narrativa decorre dois anos depois do fim do mundo, devido a um acontecimento denominado como The Blast. O único sobrevivente deste incidente é Benedikt, que é tradutor de livros e os apresenta como sendo as palavras do seu novo grande líder, Fyodor Kuzmich,
ainda que não aprecie o seu estado privilegiado, em que pelo menos não é um servo, um meio humano ou um ser de quatro patas reaproveitado. Tem uma casa própria, com suficiente alimentação e encontra-se livre de mutações, geralmente efectuadas pelo sistema, como dedos extra, guelras ou cristas de galo a sair das suas pálpebras.

Benedikt é também incumbido de dirigir os vigilantes – saniturions, que eliminam todos aqueles que manifestam algum sinal de pensamento livre.

Tatyana Tolstaya’s cria, com The Slynx uma distopia fantástica, selvagem e arrepiante, que pode ser considerada como situada entre Pale Fire (Fogo Pálido) de Vladiminir Nabokov e o Clockwork Orange (Laranja Mecanica) de Anthony Burgess.

The Slynx é assim uma brilhante obra de arte, um fantástico relato de um mundo degradado cheio de referências à sublime literatura russa do passado. Um excelente retrato da desumanização.

Não se encontra traduzido para Português.

 

8. Oryx and Crake (Oryx e Crake – O ultimo homem) – Margaret Atwood

Oryx and Crake - Margaret Atwood

Oryx and Crake (O ultimo homem) é uma novela de ficção escrita por Margaret Atwood e publicada originalmente em 2003.

Em Oryx e Crake, é apresentando um mundo pós-apocalíptico e melancólico, habitado por criaturas biologicamente modificadas. O narrador do romance é snowman, que anteriormente se chamou Jimmy e é um sobrevivente do antigo planeta, que perdeu a sua amada Oryx e o seu melhor amigo Crake.

Jimmy sofre de constantes flashbacks que revelam as experiências genéticas que testemunhou e que contribuíram para transformar o planeta num território devastado.

Como único sobrevivente, Snowman tem, apenas a companhia dos Filhos de Crake, crianças de laboratório criadas pelo amigo.

Com este livro a autora conjuga uma fábula fantástica, mórbida e cheia de ação, com personagens cujo mundo interior é misterioso e uma constante descoberta.

Oryx e Crake foi nomeado em 2003 para prémio de ficção do Man Booker Prize, e para o Orange Prize for Fiction em 2004.

O presente livro encontra-se publicado em Português.

 

9. The Road (A Estrada) – Cormac McCarthy

the road - Cormac McCarthy

The Road (A Estrada) é um livro do escritor americano Cormac McCarthy, publicado em 2006. É um romance de ficção pós-apocalíptica que descreve o percurso realizado por um pai e seu jovem filho, durante vários meses através de uma paisagem devastada anos antes por uma catástrofe sem nome, que destruiu a civilização e boa parte da vida na Terra.

Convencido que não pode sobreviver ao Inverno, o pai parte com o filho para o sul através de longas estradas vazias, transportando consigo os seus escassos bens nas suas mochilas e um carrinho de supermercado.

O pai sofre de uma tosse grave e sabe que vai morrer. O par (pai e filho) carregam um único revolver com apenas duas balas. O pai solicita ao filho que se necessário utilize o resolver em si próprio, matando-se, de modo a evitar que caia nas mãos dos inúmeros canibais que se encontram na estrada.

Este romance foi premiado com o Pulitzer Prize for Fiction e o James Tait Black Memorial Prize de 2006 na categoria Ficção, e foi escolhido para a seleção do Oprah’s Book Club.

 

10. O Quase Fim do Mundo – Pepetela

Quase fim do mundo - Pepetela

O quase fim do mundo é um livro de ficção escrito pelo escritor Angolano Pepetela, publicado em 2008, que narra a aventura de um grupo de doze pessoas que sobrevive a uma hectatombe e procura outros sobreviventes e respostas para o que sucedeu.

O romance, inicia com o intrigante depoimento do perplexo medico Simba Ukolo, após a constatação de estar sozinho no mundo. Ao chegar a fictícia cidade de Calpe1, que possuía cerca de dois milhões de habitantes, localizada numa parte da África próxima dos grandes lagos, constata que toda a população da cidade desapareceu, inclusive a sua mulher e filha.

Desesperado com os acontecimentos, Simba Ukolo pensa ter enlouquecido e só se convence do contrário quando encontra uma sobrevivente, uma senhora de meia-idade chamada Geny, que pertence aos Paladinos da Coroa Sagrada, uma religião que será a peca-chave no esclarecimento do mistério do desaparecimento das pessoas.

Assim são as reacções, desejos, frustrações destes sobreviventes, que relata este romance, que também apresenta o importante detalhe de o único recanto do mundo que escapou à hecatombe se situar numa desgraçada zona da desgraçada África.

Este livro encontra-se publicado em Português.



Mais: , , , | Por: Mário Rocha