10 jogadores históricos da França

Melhores Jogadores Franceses

 

Eis que chega a vez da selecção vencedora deste mundial de 2018, na Rússia, e a ter destaque no melhor de 10, através de uma selecção daqueles que consideramos ser os seus 10 melhores jogadores de futebol.

 

1. Just Fontaine

Just Fontaine - França

Just Fontaine (Marraquexe, 18 de Agosto de 1933) é um ex-futebolista francês nascido no Marrocos, ex-colónia da França. Apresentava como maiores características a sua velocidade, dribles curtos, remates certeiros e, embora não fosse um jogador muito alto, era um otimo cabeceador.

Foi considerado um dos mais importantes jogadores da história do futebol francês, homenageado pela Federação Francesa de Futebol (FFF), em 2005, como o maior futebolista francês dos últimos 50 anos. É até hoje o maior marcador numa única Copa do Mundo, com os 13 golos marcados na Copa da Suécia, em 1958.

Iniciou a sua carreira profissional de futebolista em Marrocos, tendo alinhado no Raja Casablanca durante 3 anos (1950-1953), sendo posteriormente transferido para o futebol francês, jogando durante 3 anos pelo Nice (1953-1956). De seguida alinhou pelo Reims onde passou grande parte da sua carreira (1956-1962).

 

 

2. Alain Giresse

Alain Giresse - França
Alain Giresse (Langoiran, 2 de agosto de 1952) é um ex-jogador de futebol francês, e atualmente treinador de futebol.
Iniciou a sua carreira no Girondins de Bordeaux em 1970, clube que jogou durante dezasseis anos. Os dois títulos no campeonato francês vieram justamente na antepenúltima e penúltima temporada. Em 1986, transferiu-se para o Olympique de Marselha. para jogar os seus três últimos anos como profissional.
Participou em duas Copas do Mundo pela França, 1982 e 1986, sendo peça fulcral do grande meio-de-campo francês, formado pelos “Três Mosqueteiros” (que, com ele, também eram quatro, como no famoso conto) – Michel Platini, Jean Tigana e Luis Fernández. A França eliminou a Seleção Brasileira nos quartas-de-final, na ultima copa da grande geração de Zico, Falcão e Sócrates. Porém, foram, novamente, derrotados nas semifinais perante os alemães. Também alinha na Selecção Francesa vencedora do Campeonato Europeu de 1984.

 

 

3. Jean Tigana

Jean Tigana - França
Jean Amadou Tigana (Bamako, 23 de junho de 1955) é um ex-futebolista malinês naturalizado francês.

O seu primeiro jogo pelos Bleus (Selecção Francesa) foi em 1981. Na Seleção, fez parte de um grande meio campo juntamente com o seu colega de clube (Bordéus), Giresse, no Bordeaux e  Michel Platini. Com a França, foi à Copa do Mundo de 1982 (que ficou em quarto lugar) e também à de 1986 (onde atingiu um brilhante terceiro lugar). Venceu a o Campeonato Europeu de 1984, com a selecção Francesa, que foi o primeiro título desta; e ficou em segundo na Bola de Ouro da France Football, ficando atrás apenas de Platini, o líder daquela geração francesa.

Em 1984, participou do título francês com o Bordeaux, que não vencia o campeonato desde 1950. Jogou por este clube a maior parte da sua carreira (1981-1989), jogando posteriormente no Marselha durante mais 2 anos (1989-1991).

 

 

4. Michel Platini

Michel Platini - França

Michel François Platini (Jœuf, 21 de junho de 1955) é o ex-presidente da UEFA e antigo jogador de futebol que jogou como médio-ofensivo, tendo carreira de destaque enquanto jogador durante os anos 1980, principalmente na Juventus e na seleção Francesa.

É considerado como um dos maiores jogadores da história do futebol mundial. Em 1984, Platini liderou os franceses na conquista da Eurocopa daquele ano, o primeiro título da Seleção, marcando nove golos nos cinco jogos da fase final da competição, sediada na França. O título europeu coroaria sua temporada 1983/84, onde fora campeão e melhor marcador do campeonato italiano com a Juventus. Dois anos depois, foi à sua terceira Copa, justamente o título de expressão que lhe faltava, consagrado pelas conquistas na Juventus.

Alinhou no futebol francês no Nancy (1972-1979), no AS Saint Étienne (1979-1982). Posteriormente foi transferido para Itália para jogar na poderosa Vechia Signora (Juventus) onde permaneceu durante 5 anos (1982-1987), e venceu  2 campeonatos, a liga do Campeões Europeus, a Supertaça Europeia e a Supertaça Intercontinental (Mundial de Clubes).

Venceu a bola de ouro, 3 vezes seguidas pela Juventus (1983,1984 e 1985). Terminou a sua carreira, ainda muito novo, com apenas 32 anos.

 

 

5. Jean Pierre Papin

Papin - França
Jean-Pierre Papin (Boulogne-sur-Mer, 5 de novembro de 1963) é um ex-futebolista e treinador francês de futebol.
Uma das suas características era o voleio, uma vez que marcava muitos golos nesse estilo. Foi um dos melhores jogadores de futebol no início da década de 1990, devido à sua velocidade e dribles.
Não participou nos campeonatos do mundo de 1990 e 1994, devido a selecção francesa não ter sido qualificada para os mesmos, apesar de ter vencido a Bola de Ouro em 1990 e ter sido o segundo melhor jogador do mundo pela FIFA em 1991. Participou apenas na Copa do Mundo de 1986, formando dupla atacante com Michel Platini.
Jogou, no Club Brugge (1984-1986), no Olympique de Marseille (1986-1992), no Milan (1992-1994) (onde conquistou vários títulos e a Liga dos Campeões Europeus) e no Bayern de Munique (1994-1996). Também teve breves passagens por Vichy, Valenciennes, Bordeaux e Guingamp, onde encerrou a carreira pela primeira vez, em 1999.

 

 

 

6. Eric Cantona

Eric Cantona - França
Cantona iniciou sua carreira no futebol defendendo o Les Caillols, atuando em diversas posições, inclusive como guarda-redes. Porém, foi no Auxerre, onde chegou com quinze anos,que Cantona passou a jogar como avançado. Contudo, jogou pouco durante as suas três primeiras temporadas (apenas quinze partidas e dois golos), foi emprestado ao Martigues, que disputava a segunda divisão francesa na época.
Teve 45 internacionalizações pela Selecção Francesa, não participando contudo em nenhuma competição internacional pela mesma, uma vez que esta nao foi qualificada nem para Europeu de Futebol nem para Mundial na sua altura (1987-1995).
Passaria as suas melhores quatro temporadas e meia no Manchester United, tornando-se rapidamente um dos grandes ídolos do clube, sendo considerado como um dos principais responsáveis pelo ressurgimento do clube nos anos 1990, conquistando diversos títulos desde então. Na sua primeira temporada em Manchester, conquistou do título nacional, após décadas sem o conseguir. Na segunda época, alcançou o segundo título, conquistando também a Copa da Inglaterra, com Cantona marcando duas vezes.

Apesar dos títulos, os problemas disciplinares continuavam, sendo mesmo multado em quase 3 mil dólares por cuspir num adepto do seu ex-clube, o Leeds United, sendo também muito frequentes, as suas expulsões por reclamar com os árbitros. Em 1994, pouco tempo após a Copa do Mundo (a qual a Seleção Francesa não se classificou), Cantona foi mesmo preso, e, mesmo algemado, conseguiu soltar-se e dar um soco no policia.

Na sua terceira temporada em Manchester, recebeu sua maior punição na carreira, ao agredir um adepto a pontapé durante um jogo com o Crystal Palace. Inicialmente, foi penalizado apenas pela Federação Inglesa, que o proibiu de jogar em qualquer partida nos nove meses seguintes, além de uma multa de 12 mil dólares. No mês seguinte, a sua pena foi aumentada, tendo que pagar mais uma multa de 25 mil dólares. Para piorar sua situação, a FIFA também o puniu, não lhe permitiu jogar mais profissionalmente em qualquer partida de futebol.
Para além do Manchester United, Cantona também jogou em Inglaterra pelo Leeds United e em França por diversos clubes como Auxerre, Marselha, Bordéus e Montpellier.

 

 

7. Laurent Blanc

Laurent Blanc - França
Laurent Robert Blanc (Alès, 19 de novembro de 1965) é um treinador e ex-futebolista, considerado um dos melhores defesas e trincos produzidos pelo futebol francês.
Jogou na Selecção nacional Francesa durante onze anos, fazendo parte, como titular, das conquistas do Campeonato do Mundo de 1998 e do Campeonato da Europa de 2000.
Iniciou a sua carreira profissional no Montpellier, onde jogou por quase dez anos, participando do título mais importante da história do clube, a Taça de França de 1990-91.
Posteriormente alinhou no Nápoles, da Itália, ainda que apenas durante um ano (1991-92) tendo regressado a  França. Em 1993, foi contratado pelo Saint-Étienne, jogando durante duas épocas no clube, não obtendo quaisquer títulos embora tenha obtido o reconhecimento como um dos melhores defesas do país.
Em 1996 assinaria pelo Barcelona, embora só jogasse no clube durante um ano e poucas vezes devido a lesão. No ano seguinte assina pelo Marselha onde jogou durante 2 anos (1997-1999) tendo por este clube vencido a Taça Uefa 1998-1999.
A sua maior experiência internacional seria novamente em Itália, pelo Inter de Milão, onde jogou durante 2 anos, tendo sido considerado o melhor jogador do clube na época de 2000-2001. Seguidamente, iria jogar em Inglaterra, pelo Manchester United, onde terminou a sua carreira, tendo ainda vencido o campeonato na época de 2002-2003.

 

 

8. Marcel Desailly

Desailly - França
Marcel Desailly (Acra, Gana, 7 de setembro de 1968) é um ex-jogador de futebol francês, mais conhecido pela sua participação no campeoanto do mundo de 98, em ajudou a  selecção francesa a derrotar na final os favoritos brasileiros, liderados por Ronaldo.
Caracterizado pela sua excelente marcação ao adversário, Desailly atingiu o pico da sua carreira nos ingleses do Chelsea.
Iniciou a sua carreira no Nantes, tornando-se profissional em 1986.
Em 1992, transferiu-se para Olympique de Marseille, ganhando, clube pelo qual venceu a liga dos campeões europeus, nesse mesmo ano.
Em 1994, rumou a itália, para jogar no AC Milan, ganhando dois títulos italianos. Depois mudou-se para o Chelsea, onde terminou sua carreira no nível mais alto.

 

 

9. Zinedine Zidane

Zidane - França
Zinédine Yazid Zidane (Marselha, 23 de junho de 1972) é um ex-futebolista e técnico francês de origem argelina que jogou como médio, sendo considerado um dos maiores futebolistas de todos os tempos. É considerado o maior jogador da história do futebol francês, frequentemente comparado ao seu compatriota Michel Platini.
Durante sua carreira profissional,  jogou em importantes e históricos clubes do futebol europeu como a Juventus e o Real Madrid.
Também fez parte da fase mais vitoriosa da história da seleção francesa, que conquistou um campeonato de do mundo em 1998 e a sua segunda Copa da Europa em 2000. Não se destacava muita pela quantidade de golos, mas antes por ser um jogador caracterizado pelas passadas largas, precisão nas cobranças de falta e nos lançamentos, habilidade para driblar apenas quando necessário e um excelente controlo de bola.
Tal como outro grande craque do futebol francês e mundial (Michel Platini) também venceu 3 bolas de ouro, tendo ao serviço da Juventus vencido dois scudettos (campeonatos), a Supertaça Europeia e a Taça intercontinental, e pelo Real Madrid um campeonato espanhol, duas supertaças de Espanha, uma liga dos campeões, uma supertaça europeia e uma taça intercontinental.

 

 

 

10. Thierry Henry

Tierry Henry - França
Thierry Daniel Henry (Les Ulis, 17 de agosto de 1977) é um ex-futebolista francês que jogou como avançado.
Com a Seleção Francesa, Henry venceu a Copa do Mundo de 1998, o Euro 2000 e a Copa das Confederações de 2003, sendo o maior artilheiro da história da seleção com 51 golos.
Foi por duas vezes o 2° colocado na eleição de Melhor jogador do mundo pela FIFA, em 2003 e 2004, perdendo para Zinédine Zidane e Ronaldinho Gaúcho, respectivamente.
Iniciou a sua carreira profissional no Mónaco com 17 anos, onde jogou durante 3 anos (1995-1998), tendo posteriormente sido transferido para Itália para alinhar pela Juventus, clube, onde não conseguiu singrar, jogando durante apenas um ano, transferindo-se posteriormente para o futebol inglês para jogar pelos Londrinos do Arsenal.
Seria no Arsenal que jogaria grande parte da sua carreira, durante 8 épocas (1999-2007), tendo pelo clube vencido a liga Inglesa (Premier League) em 2001-2002 e 2003-2004, 3 Taças de Inglaterra e 2 Supertaças de Inglaterra.
Em 2007 seria transferido para o Barcelona de Espanha, onde jogaria durante 3 épocas (2007-2010) e ganharia 2 campeonatos, uma Taça do Rei, uma Supertaça de Espanha, uma Liga dos Campeões Europeus (2008-2009), uma Supertaça Europeia (2009) e um Mundial de Futebol de Clubes (2009).
Terminaria a carreira no Estados Unidos, onde jogou durante 4 épocas (2010-2014) no New York Red Bulls.

 



Mais: , , , , | Por: Mário Rocha