10 jogadores de topo que passaram pela Juventus, a nova equipa de Cristiano Ronaldo

Juventus - Cristiano Ronaldo

Com a badalada transferência do melhor jogador do mundo Cristiano Ronaldo para a equipa italiana de Turim (Juventus), mais conhecida por Vechia Signora, o melhor de 10 resolve fazer uma selecção de 10 grandes jogadores que jogaram por este clube.

 

1. Giampiero BonipertiGiampiero Boniperti - Juventus

Giampiero Boniperti (Barengo, 4 de julho de 1928) é um ex-futebolista italiano que jogou toda sua carreira na Juventus. Disputou a Copa do Mundo de 1950 e a de 1954 pela Selecção Italiana.
Com a Juventus venceu 5 campeonatos italianos e duas taças de Itália e formou juntamente com Omar Sivori e John Charles, o mítico tridente mágico da Vechia Signora.

 

 

2. Omar Sivori

Omar Sivori - Juventus

Enrique Omar Sívori (San Nicolás de los Arroyos, 2 de Outubro de 1935 — San Nicolás, 17 de fevereiro de 2005) foi um futebolista e treinador de futebol ítalo-argentino. Jogou como médio ofensivo, sendo considerado um dos maiores jogadores do seu tempo. Faz também parte da lista dos 50 maiores jogadores do século XX desenvolvido por especialistas e historiadores da FIFA e também publicados pela IFFHS em 2004.
É internacionalmente conhecido pelo sucesso na Juventus durante o final dos anos 1950 e início dos anos 1960. A nível de clubes, ele também jogou pelo River Plate e Napoli.
Pela Juventus venceu 3 campeonatos italianos e 2 taças de Itália.
Em selecções, jogou pela primeira vez com a Seleção Argentina, ganhando a Copa América em 1956 e posteriormente jogou pela Seleção Italiana, participando de alguns jogos da Copa do Mundo de 1962.

 

 

3. John Charles

John Charles - Juventus
William John Charles, CBE (27 de dezembro de 1931 – 21 de fevereiro de 2004) foi um jogador de futebol do País de Gales.
Se o norte-irlandês George Best foi considerado o melhor jogador do Reino Unido de todos os tempos, John Charles é considerado por muitos o melhor futebolista nascido na ilha da Grã-Bretanha, à frente do inglês campeão mundial Bobby Charlton.
Antes de jogar na Juventus, entre 1957-1962, foi ainda o grande craque e estrela do Leeds United, clube inglês onde jogou grande parte da sua carreira (1949-1957 e 1962). Também jogou em Itália na Roma durante apenas uma temporada (1962-1963), regressando à sua terra natal para alinhar pelo Cardiff City (1963-1966) e posteriormente novamente em Inglaterra, onde permaneceu, a jogar no Hereford United durante 5 temporadas (1966-1971).
Pela Juventus venceu 3 campeonatos (1958, 1960 e 1961) e 2 taças de Itália (1959 e 1960). Fez também parte do celébre trio mágico da Juventus da época, juntamente com Omar Sivori e Giampiero Boniperti.

 

 

4. Roberto Bettega

Roberto Betegga - Juventus
Roberto Bettega (Turim, 27 de Dezembro de 1950) é um ex-futebolista italiano, que foi considerado um avançado de grande habilidade e um dos mais temidos de sua época.
Bettega passou grande parte da sua carreira defendendo os Vecchia Signora, onde permaneceu durante treze temporadas. Iniciou sua carreira no futebol muito cedo, com apenas dez anos, ingressando nas categorias de base da tradicional Juventus, no início dos anos sessenta.
Alguns meses após completar dezoito anos, e visto que ainda não tinha oportunidades na equipa principal dos bianconeri, foi emprestado ao modesto Varese durante uma temporada, onde demonstrou toda a sua qualidade e habilidades, acabando mesmo essa época como o melhor marcador do campeonato. Foram esses feitos que lhe permitiram o regresso a equipa principal da Juventus, onde continuou com as suas grandes performances e permaneceu durante treze temporadas.
Foi nessa fase que conquistou nove títulos nacionais, além de um europeu, tornando-se. ainda, na antepenúltima temporada nos bianconeri, o melhor marcador do campeonato.
Terminou a sua carreira profissional no Canada , jogando no Toronto Blizzard, onde permaneceu durante duas temporadas, tendo boas participações, apesar de não demonstrar a antiga habilidade.

 

 

5. Gaetano Scirea

Gaetano Scirea - Juventus
Gaetano Scirea (25 de maio de 1953 – 3 de setembro de 1989) foi um jogador de futebol da Itália e um dos maiores defesas da história do futebol e um dos grandes ídolos da Juventus.
Foi considerado um dos maiores defesas/trinco da história do futebol e por muitos especialistas é considerado o melhor de todos, uma vez que ostentava uma técnica incrível, grande visão de jogo e sabia sair a jogar com bola como ninguém. Em toda a sua carreira, Scirea nunca foi expulso, um feito extraordinário para um jogador da sua posição. O título da Copa do Mundo de 1982, do Mundial Interclubes (Antigo Intercontinental) de 1985 e a Liga dos Campeões da Europa de 1984/1985 são considerados os grandes marcos da sua carreira.
Na Juventus, foi considerado um dos mais jogadores de todos os tempos do clube, ao lado de Michel Platini. Na “Juve” venceu todos os títulos possíveis.
Assim Scirea jogou pelo Atalanta (1972/1974) e pela Juventus (1974/1989) onde conquistou 7 Scudettos, 2 Copas da Itália, 1 Copa dos Campeões, 1 Recopa, 1 Supercopa da Europa, 1 Copa da Uefa e uma Copa Intercontinental. Defendeu também a seleção da Itália nas copas de 1978, 1982,
onde foi campeão em 1982.

 

 

 

6. Paolo Rossi

Paolo Rossi - Juventus
Paolo Rossi (Prato, 23 de setembro de 1956) é um ex-futebolista italiano que jogou como avançado/ponta de lança.
Celebrizou-se como o principal condutor do tricampeonato mundial da Seleção Italiana de Futebol, na Copa do Mundo de 1982, em que foi o carrasco da favorita Seleção Brasileira, ao marcar os três golos da vitória italiana que desclassificou os sul-americanos.
Rossi marcaria ainda mais três vezes posteriormente terminando como melhor marcador daquela Copa, tornando-se para os seus compatriotas Il Bambino d’Oro (“O Menino de Ouro”). Foi o único jogador a ganhar os três principais prémios da Copa do mundo: o título, melhor marcador e melhor jogador.
Apesar de ser franzino e pequeno, e de ter tido várias lesões no joelho, deixou a sua marca na Vechia Signora (Juventus) onde marcou 57 golos em 162 jogos, sendo um dos grandes nomes da equipa de Turim na década de 1980. Viria também a jogar pelo AC Milãom, durante uma época (1985-1986) e pelo Hellas Verona (1986-1987).
Pela Juventus venceu 2 campeonatos, uma taça de Itália, uma Taça das Tacas, uma Taça Uefa, uma Supertaça Europeia, e uma Liga dos Campeões Europeus na sua última época no Clube (1984-1985).

 

 

7. Michel Platini

Michel Platini - Juventus
Michel François Platini (Jœuf, 21 de junho de 1955) é o ex-presidente da UEFA e antigo jogador de futebol que jogou como médio-ofensivo, tendo carreira de destaque enquanto jogador durante os anos 1980, principalmente na Juventus e na seleção Francesa.

É considerado como um dos maiores jogadores da história do futebol mundial. Em 1984, Platini liderou os franceses na conquista da Eurocopa daquele ano, o primeiro título da Seleção, marcando nove golos nos cinco jogos da fase final da competição, sediada na França. O título europeu coroaria a sua temporada 1983/84, onde fora campeão e melhor marcador do campeonato italiano com a Juventus. Dois anos depois, foi à sua terceira Copa, justamente o título de expressão que lhe faltava, consagrado pelas conquistas na Juventus.Alinhou no futebol francês no Nancy (1972-1979), no AS Saint Étienne (1979-1982). Posteriormente foi transferido para Itália para jogar na poderosa Vechia Signora (Juventus) onde permaneceu durante 5 anos (1982-1987), e venceu  2 campeonatos, a liga do Campeões Europeus, a Supertaça Europeia e a Supertaça Intercontinental (Mundial de Clubes).

Venceu a bola de ouro, 3 vezes seguidas pela Juventus (1983,1984 e 1985). Terminou a sua carreira, ainda muito novo, com apenas 32 anos.

 

 

8. Alessandro Del Pierro

Del Pierro - Juventus

Alessandro Del Piero (Conegliano, 9 de novembro de 1974) é um ex-futebolista italiano que jogou como avançado, sendo mesmo considerado, por outros jogadores, um dos maiores jogadores italianos de todos os tempos. Também se destacou como um exímio marcador de livres.
Jogou a maior parte de sua carreira na Juventus, sendo considerado o maior ídolo da Juve, onde tem os recordes de maior marcador e maior número de partidas disputadas.
Também defendeu a Seleção Italiana e foi campeão do mundo em 2006.

Após o contrato com a Juventus ter terminado, anunciou sua ida para o futebol australiano pelo Sydney onde jogou duas temporadas consagrando-se o segundo maior marcador do clube, com 24 golos em 48 jogos. No final do seu contrato com o Sydney FC, Del Piero aceitou outro desafio na carreira, alinhando na nova liga indiana, a Indian Super League pelo Delhi Dynamos, clube onde terminou a sua carreira de futebolista profissional.

Pela Juventus venceu 8 campeonatos (Série A), 1 campeonato (Série B), 1 Taça de Itália, 4 Supertaças Italianas, uma Liga dos Campeões Europeus (1995-1996), uma Supertaça Europeia (1996) e uma Taça Intercontinental (1996).

 

 

9. Zinedine Zidane

Zidane - Juventus
Zinédine Yazid Zidane (Marselha, 23 de junho de 1972) é um ex-futebolista e técnico francês de origem argelina que jogou como médio, sendo considerado um dos maiores futebolistas de todos os tempos. É considerado o maior jogador da história do futebol francês, frequentemente comparado ao seu compatriota Michel Platini.
Durante sua carreira profissional,  jogou em importantes e históricos clubes do futebol europeu como a Juventus e o Real Madrid.
Também fez parte da fase mais vitoriosa da história da seleção francesa, que conquistou um campeonato de do mundo em 1998 e a sua segunda Copa da Europa em 2000. Não se destacava muita pela quantidade de golos, mas antes por ser um jogador caracterizado pelas passadas largas, precisão nas cobranças de falta e nos lançamentos, habilidade para driblar apenas quando necessário e um excelente controlo de bola.
Tal como outro grande craque do futebol francês e mundial (Michel Platini) também venceu 3 bolas de ouro, tendo ao serviço da Juventus vencido dois scudettos (campeonatos), a Supertaça Europeia e a Taça intercontinental, e pelo Real Madrid um campeonato espanhol, duas supertaças de Espanha, uma liga dos campeões, uma supertaça europeia e uma taça intercontinental.

 

 

 

10. Gianluigui Buffon

Gianluigi Buffon - Juventus

Gianluigi Buffon (Carrara, 28 de janeiro de 1978) é um futebolista italiano que joga como Guarda Redes e que pertence actualmente aos quadros do Paris Saint-Germain.

Em 2001, Buffon foi vendido pelo Parma para a Juventus, por € 52 milhões, o que fez dele o guarda redes mais caro da história do futebol, recorde este que permanece actualmente.

É o terceiro jogador a participar em cinco Copas do Mundo, a par do ex-guarda redes mexicano Antonio Carbajal e do ex defesa alemão Lothar Matthäus. É considerado por muitos um dos maiores guarda redes da história do futebol.

Conhecido como Gigi, o jogador fez parte da equipa titular da Seleção Italiana, campeã da Copa do Mundo de 2006.

Foi considerado pela IFFHs, em 2013, o melhor guarda redes dos últimos 25 anos.
É recordista de partidas realizadas pela Seleção Italiana, superando nomes como Paolo Maldini, Fabio Cannavaro e Dino Zoff.

Em 20 de março de 2016, em clássico local contra o Torino, Buffon superou o recorde de 929 minutos de Sebastiano Rossi sem sofrer golos na Serie A, chegando a 974 minutos consecutivos sem sofrer qualquer golo, recorde esse que seria quebrado pelo avançado Andrea Belotti num pênalti aos 48 minutos do jogo. Essa partida terminou em goleada para a Juventus por 4–1.

Pela Vechia Signora (Juventus), Buffon venceu 9 campeonatos da Série A, 1 da Série B, 4 Taças de Itália e 5 Supertaças Italianas.



Mais: , , , | Por: Mário Rocha