10 destinos de férias que temos de visitar em 2018

Vale do rio Hudson - A rota da cerveja artesanal

1. Vale do rio Hudson – A rota da cerveja artesanal

Foi em Março do ano passado que o jornal Poughkeepsie escreveu um excelente artigo sobre as fábricas de cerveja no vale do rio Hudson. O artigo em questão é destinado a todos os aficionados à indústria de cerveja e às suas aberturas de portas ao público para a prova das mesmas. O vale do rio Hudson é conhecido pela beleza da sua paisagem, mas também pelas suas fábricas de cerveja.

 

Escócia - A rota do Whisky

2. Escócia – A rota do Whisky

Assim como o whisky irlandês é reconhecido mundialmente, é altura de reconhecer o whisky escocês. Nesta viagem podemos experimentar o que de melhor a Escócia tem para oferecer, tanto a nível geográfico como em termos de destilação. Podemos aprender a história dos whiskeys, bem como se deve pronunciar corretamente os seus nomes já que estes se baseiam no gaélico escocês.

 

Ypres - Bélgica

3. Ypres – Bélgica

Recomendamos a cidade de Ypres por motivos históricos. Isto porque este ano é marcado pelo centenário do final da Primeira grande Guerra Mundial. Ypres foi o palco de uma das batalhas mais mortíferas da primeira grande Guerra. Calcula-se que 1,7 milhões de soldados morreram na cidade e ao seu arredor.

Recomendamos esta viagem para apreciadores de férias históricas. A cidade de Ypres oferece visitas guiadas a “campos de batalha”, museus, memoriais, trilhos entre outras ofertas culturais.

 

Maryland - Baltimore

4. Maryland – Baltimore

O mundo dos críticos de viagens e turismo têm recentemente colocado muita atenção e foco na cidade de Maryland. Este vai ser com certeza uma das cidades de moda no que diz respeito ao turismo e viagens assim como tem sido a cidade do Porto nos últimos tempos.

O que sabemos sobre Maryland até ao momento é que a cidade oferece uma maravilhosa vida noturna, e com bastante animação nas zonas de Fell’s Point e Inner Harbor. As ramificações antigas da cidade são cheias de história. Em Maryland não falta acomodação e conforto como Hotéis de luxo, B & B’s, Aribnib, grandes cadeias de lojas entre outros.

Maryland é um macro histórico na história dos Estados Unidos, pois foi um ponto importante na Guerra de 1812 assim como na Guerra Civil. Em termos de cultura a cidade oferece museus, locais históricos e eventos comemorativos destes eventos.

 

Labrador - Canadá

5. Labrador – Canadá

A beleza geográfica do Canadá é sempre surpreendente. Labrador é um destino canadense pouco falado. Fica situado na parte continental da província de Newfoundland. Labrador é semelhante aos Açores pois a vida corre com toda a calma do mundo, nada lá é apressado. Podemos ver baleias, passear, comer peixe, nadar, observar pássaros, ou até ver icebergs.

Podemos também fazer uma viagem por o deserto canadense para desfrutarmos de panoramas de perder vista. A melhor maneira de o fazer é acampar.

 

 

Mergulhar na Albânia

6. Mergulhar na Albânia

Você sabia que a Albânia é uma excelente localização para fazer mergulho? Curiosamente ainda é uma área de escassa exploração sendo que ainda estão a descobrir ruínas romanas e naufrágios como uma surpreendente regularidade. Ser capaz de nadar através de cavernas submarinas e recifes de corais, então, acidentalmente, tropeçar em algum tipo de naufrágio antigo é uma perspectiva extremamente atraente.

Se não souber praticar mergulho não tem qualquer problema. Não faltam empresas locais que dão aulas de mergulho. Pode até fazer cursos e obter qualificação.

 

Oaxaca - México

7. Oaxaca – México

É uma das áreas mais diversas aéreas do México onde se falam quase 20 línguas, embora se fale mais regularmente espanhol. Com o ênfase na comida, vestuário e artesanato tradicional autêntico. Ao contrário de outras cidades as pessoas locais aqui vivem para si na sua comunidade e não vivem para os turistas, o que acaba por ser um México tradicional.

Com muitas festas durante todo o ano. Em destaque o Dia dos Mortos que se inicia em meados de Outubro e vai até 2 de Novembro. Esta é a maior festa. Também podemos contar com o festival Cosala ou Tetabiake Art and Culture a incluir nas alternativas culturais da região.

 

 

Bergen - Noruega

8. Bergen – Noruega

Aqui contamos com os fiordes. Caminhadas, passeios de barco nos fiordes. As luzes encantadoras do norte. Uma cidade a não perder.

 

Trilho na Jordânia

9. Trilho na Jordânia

Este é uma caminhada bastante longa a visitar. Cobre toda a Jordânia. São cerca de 650 quilómetros. A caminhar de forma contínua são cerca de 40 dias seguidos de viagem. Durante este percurso podemos visitar cerca de 52 aldeias. O web site Jordan Trail é a ferramenta ideal para planear a sua viagem. Aqui podemos planear quase tudo para termos a nossa viagem segura e visitar o que desejamos. Marca pontos de interesse, características geográficas, áreas para ficar, distâncias a pé, e até tem um recurso onde nos podemos juntar a outros grupos que estão a fazer a caminhada. Uma paragem obrigatória é em Petra. Já vimos Petra no cinema, em Indiana Jones e a Última Cruzada. Lugar onde está o Santo Graal.

 

 

Montenegro

10. Montenegro

Montenegro é ideal para a aventura. Lá podemos praticar natação, caminhar, passear de barco entre outros. A noite é repleta de bares, clubes, restaurantes, festivais entre outras animações. O Montenegro é um país que se está a tornar moda em pleno mar Adriático.



Mais: , , | Por: João Baganha