10 cuidados a ter com a nossa voz

1. Beber diariamente cerca de 1,5 a 2 litros de água. Devemos tomar pelo menos cerca de 30 minutos antes de iniciarmos a fala.

 

2. Devemos sempre falar para a frente, de forma a evitarmos tensões musculares contra-indicadas. Por vezes sem darmos conta, estamos em posições incorretas com o pescoço e essas posições podem danificar a voz.

 

 

3. Bocejar é bom, apesar de se considerado falta de educação em público, devemos bocejar várias vezes ao dia. Sempre que podermos devemos bocejar com som, pois é um exercício para aquecer a voz.

 

4. Um dos melhores combates a posturas incorretas durante o dia a dia, são os alongamentos. Devemos fazer alongamentos pelo menos duas vezes por dia, principalmente na zona do pescoço, ombros e bacia.

 

5. Quando falamos, devemos tentar sempre manter o mesmo som, mesmo quando sentimos a voz cansada. Não devemos sussurrar, pois só vai contribuir para a fadiga vocal.

 

 

6. Um bom aquecimento para a voz é exercer movimentos de mastigação amplos e com vigor. Mastigar alimentos como maçãs ou peras, funciona com bom aquecimento para a voz.

 

7. Devemos utilizar vestuário confortável de forma a facilitar movimentos corporais e respiratórios, principalmente na zona do tronco e do pescoço.

 

8. Quando temos dificuldade em falar devemos evitar o uso de pastilhas, rebuçados ou sprays de forma a prolongar a voz. Isso só vai agravar a situação. A melhor solução é sempre o repouso da voz.

 

9. Sempre que sentir a vontade de tossir ou pigarrear de forma a limpar a voz evite. Em vez disso pode sempre engolir a saliva ou tomar água. Se mesmo assim não obter resultado, tussa de forma silenciosa de forma a evitar lesar as cordas vocais.

 

 

10. Estima-se que em Portugal cerca de 50% dos profissionais que usam a voz, apresentam algum tipo de alteração vocal. Se sentir sintomas de forma recorrente na sua voz por mais de 15 dias consecutivos procure um otorrinolaringologista ou um terapeuta da fala.



Mais: , , | Por: João Baganha