10 alimentos com muito mais açúcar do que parece

Cuidado: Você provavelmente encontrará alguns de seus alimentos favoritos nesta lista. Antes de você bufar e reclamar, lembre-se do velho ditado – tudo com moderação! A recomendação é limitar os açúcares adicionados a 36 gramas por dia para homens e 24 gramas para mulheres. Esse é um objetivo razoável, considerando que os alimentos ricos em açúcar podem causar ganho de peso, problemas metabólicos e ainda mais más notícias para o seu coração.

1. Iogurte

Coma um iogurte adoçado e você também pode comer uma barra de chocolate. “Apesar do pequeno tamanho da embalagem e da associação como alimento saudável, um típico iogurte de morango com baixo teor de gordura pode conter 26 gramas de açúcar por porção”, diz Jennifer Jackson. Opte por iogurte natural, que tem zero açúcar adicionado – ou iogurte grego, com quase o dobro da quantidade de proteína – e adicione sua própria fruta fresca, além de um punhado de nozes para gorduras saudáveis e poder de permanência.

 

2. Molho de salada

Molho de salada, sem gordura ou com baixo teor de gordura, parece ser uma ótima alternativa quando você está de olho no seu peso, mas infelizmente, quando a gordura é removida, quase sempre é substituída por açúcar. Algumas versões podem conter até 12 gramas de açúcar em duas colheres de sopa.

3. Bebidas energéticas

Quando dá 3 da tarde, podemos buscar uma bebida esportiva ou energética porque prometem aumentar nossa energia, mas a “energia” vem do açúcar e da cafeína. Não é incomum que uma porção contenha 14 ou mais gramas de açúcar. Estas bebidas foram destinadas para pessoas que acabaram de completar um treino intenso de 60 minutos ou mais, ou uma corrida de resistência de 90 minutos ou mais.

 

4. Leite vegetal

Todo o leite de vaca tem açúcar natural da lactose, mas as ofertas de leite não lácteo podem ser carregadas com açúcares adicionados. Algumas variedades de leite de soja, por exemplo, podem conter até 14 gramas de açúcar adicionado. Se você está tentando limitar os alimentos ricos em açúcar ou ter intolerância à lactose, procure por variedades sem sabor ou “light”.

 

5. Smoothies

Certamente, um smoothie de frutas ou vegetais é mais saudável do que uma lata de refrigerante, certo? Nem sempre. “Os smoothies são outra fonte de açúcar que às vezes esquecemos porque são recheados com frutas e outros ingredientes que beneficiam nossa saúde”, diz Cara Harbstreet. Mas o que parece ser uma bebida saudável pode ter adoçantes adicionados para realçar o sabor natural. Alguns podem conter um gritante 60 a 70 gramas de açúcar, de acordo com Harbstreet! Se você estiver visitando uma franquia de smoothies, confira online para ver os fatos nutricionais antes de fazer seu pedido. Para evitar entornar açúcar com seu smoothie, tente preparar as bebidas em casa.

 

 

6. Granola

A granola é um dos alimentos saudáveis, certo? Afinal, o que poderia ser mais natural (e nutritivo) do que frutas, bagas, sementes e grãos integrais? “Não deixe o rótulo ‘natural’ enganar você”, diz Harbstreet. “Granola muitas vezes apresenta açúcares adicionados como xarope de bordo, melaço e mel – e muito. Se você é um fã de granola, procure por marcas com menos gramas de açúcar e mais gramas de fibra.” Fibra ajuda a retardar a absorção de carboidratos simples, ou açúcar, e podem ajudar a contribuir para a saciedade também “, diz Harbstreet.

 

7. Frutas desidratadas

Claro que a fruta é uma fonte de açúcares naturais, mas também fornece vitaminas, minerais e fibras saudáveis. O que poderia ser insalubre com frutas desidratadas, cortadas e prontas para comer? “Este lanche aparentemente saudável em movimento pode ter tanto açúcar quanto uma barra de chocolate”, diz Alysha Coughler. A fruta desidratadas é compacta, por isso é muito fácil encontrar-se no fundo de um pacote vazio em pouco tempo. “Você não comeria cinco damascos inteiros, mas é fácil comer cinco damascos secos”. Procure por frutas secas e desidratadas com pouco ou nenhum açúcar adicionado.

 

8. Comidas congeladas

Sacar uma comida de baixo teor de gordura ou “light” congelada para fazer no microondas parece ser uma maneira rápida e fácil de ficar dentro do seu limite de calorias. “Mas com algumas refeições contendo 20 a 40 gramas de açúcar por porção, o aumentodo açúcar no sangue pode não valer a pena”, diz Coughler. Quando os fabricantes retiram a gordura, eles precisam substituí-la por alguma coisa, e isso geralmente é açúcar e sal. Evite comidas congelados que estão cheias de molhos ou condimentos.

 

 

9. Barra de cereais

Você passou a barra de chocolate e comprou uma nutritiva barra de cereais em vez disso. O rótulo gritava “nutritivo” com palavras como “grãos integrais, fibras e vitaminas e minerais”, mas deixou de mencionar que poderia ter mais açúcar do que algumas barras de chocolate comuns. “Barras densas também podem ser mais altas em calorias totais, acumulando até 20 gramas de açúcar e 200 a 250 calorias por barra”, diz Coughler. “Escolha uma barra que tenha menos de 10 gramas de açúcar, menos de 150 calorias e um mínimo de cinco gramas de fibra.” O mesmo vale para barras de proteína, que podem ser barras de chocolate glorificadas.

 

10. Água de coco

A água de coco é a última moda, especialmente como bebida pós-treino, provavelmente porque tem muitos eletrólitos, mais potássio que as bananas e é naturalmente pobre em açúcar. Mas isso não significa que não seja um alimento com alto teor de açúcar. “Muitas vezes, as variedades adoçadas e não açucaradas estão na mesma área da loja, tornando confuso fazer uma boa escolha”, diz Coughler. “A tabela de dados nutricionais também é responsável por um tamanho de porção que é de um terço ou metade da garrafa real.” Tenha isso em mente quando estiver verificando rótulos para adicionar açúcares.



Mais: , , , , , , , | Por: prisca